Banca de QUALIFICAÇÃO: ANANÍLIA MEDEIROS GOMES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANANÍLIA MEDEIROS GOMES DA SILVA
DATA : 05/03/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Sala RUTE (Onofre Lopes)
TÍTULO:

Aplicação biotecnológica de anti-miR e mimic-miR na Fibrilação Atrial: abordagem in vitro e in vivo dos miR-133b e miR-328.


PALAVRAS-CHAVES:

Fibrilação atrial; cardiomiócitos neonatais; miRNA; Anti-miR; RNAm; Mimic-miR; Hl-1.


PÁGINAS: 82
RESUMO:

A Fibrilação Atrial (FA) é a arritmia mais prevalente em todo o mundo. O diagnóstico é feito pelo ECG, contudo a assintomatologia de muitos pacientes e a curta duração da fibrilação dificultam a detecção precoce, levando a diagnósticos tardios. Análises transcriptômicas mostram que miRNAs regulam a expressão gênica de RNAm e são potenciais alvos para o diagnóstico, prognóstico e tratamentos da FA. Nesta perspectiva, em nossos estudos prévios foi possível demonstrar que os miR-133b e miR-328 são significativamente expressos em indivíduos com FA em crise aguda, o que instigou compreender alguns mecanismos regulatórios destes miRNAs na FA. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi investigar o papel regulatório dos miR133b e miR-328 na expressão gênica de RNAm na Fibrilação Atrial utilizando tecnologias de inibição e mimetização in vitro e reavaliar a expressão circulante destes miRNAs nesta doença in vivo. O estudo in vitro foi feito utilizando cultura de cardiomiócitos neonatais como modelo sem FA além de cardiomiócitos atriais HL-1 como modelo de FA já estabelecido. Marcação de troponina T, mapeamento ótico de cálcio e registros eletrofisiológicos com whole-patch clamp foram utilizados para caracterizar células HL-1 como modelo de FA. Foram utilizadas as técnicas de antimiR e mimic-miR dos miRNAs para observar as regulações dos miR-133b e miR-328 na expressão dos RNAm dos Mhy6, Myoz2, Pln, Cacna1c, Kcne1 e Scn5a. Os resultados prévios demonstram que o Scn5a e Pln podem ser alvos diretos do miR133b. No estudo in vivo avaliamos a expressão circulante dos miR-133b e miR-328 em plasma de pacientes com FA estável N=42, com FA aguda N= 4, e indivíduos controles, N= 30, e os resultados prévios sugerem que existe uma tendência para maior expressão do miR-133b e pacientes com FA aguda, em comparação a FA estável e controles. Espera-se que ao concluir-se todas as análises hajam dados suficientes para confirmar a atividade dos miR-133b e miR-328 sob a expressão dos RNAm alvos deste estudo, buscando demonstrar alguns dos papéis regulatórios destes miRNAs na Fibrilação Atrial.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ ASSIS LOPES DO CARMO - UFMG
Externa ao Programa - 2121895 - ALIANDA MAIRA CORNELIO DA SILVA
Presidente - 1545315 - GUILHERME AUGUSTO DE FREITAS FREGONEZI
Notícia cadastrada em: 19/02/2020 22:56
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao