CCHLA - PGAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL DIREÇÃO DO CCHLA Telefone/Ramal: (84) 3342-2240/2 http://www.posgraduacao.ufrn.br/ppgas

Vivência: Revista de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

A Vivência: Revista de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte convida todas/os a submeterem propostas de artigos aos dossiês previstos para o ano de 2020. As/os autoras/es devem submeter seus textos, seguindo as normas do periódico e os prazos de cada dossiê, por meio do portal:

 

https://linkprotect.cudasvc.com/url?a=http%3a%2f%2fperiodicos.ufrn.br%2fvivencia.&c=E,1,pEa_cfkuCRC-m3KGWTPu9SF3Fh6ycT9e19xNZpqRz5YbSvM9WpF5vEmKNRpVcM1nONewRbv8rTuMBbef07giaO9Umc1nuyGUUgcwFU3FTtCGTdhqwKOL&typo=1


2020 (1): PATRIMÔNIO AFRO-RELIGIOSO: ACERVOS, PRESERVAÇÃO E FONTE DE CONHECIMENTO


https://linkprotect.cudasvc.com/url?a=https%3a%2f%2fperiodicos.ufrn.br%2fvivencia%2fannouncement%2fview%2f192&c=E,1,zGM0oi6YVuuGKy2RxBGTxkJXNazBcdipuVg7XrFwrvzcw5E51Aq3JxJp82RtzJIE7BsAmvSklCryNplK0vDpvBqvRW7ZTFqd4G2-6UjN&typo=1

Prazo para submissões21 de julho de 2019.

Organizador/as do dossiê temático:

Luiz Assunção (UFRN, Brasil)

Stefania Capone (CNRS, EHESS, França)

Mariana Ramos de Morais (PUC Minas, Brasil)

Diferentes elementos referentes ao universo religioso afro-brasileiro são considerados hoje patrimônio cultural no Brasil por órgãos de instâncias municipal, estadual e federal. Trata-se de um reconhecimento que pode contribuir para a continuidade de práticas religiosas e para a preservação de locais de culto, como também pode criar entraves às comunidades detentoras desses patrimônios. Este dossiê visa refletir sobre as ações de preservação que mobilizam elementos do universo afro-religioso, não se restringindo àquelas encampadas pelos órgãos governamentais. Objetiva-se, dessa forma, reunir artigos que também abordem as experiências desenvolvidas pelas próprias comunidades, que envolvam a constituição de acervos e de coleções, pensados como fonte de conhecimento, seja no intuito de exibi-los ao público externo ou mesmo voltados apenas para seus integrantes. Interessa, assim, estudos que descrevam e analisem essas experiências que incidem na maneira como, na contemporaneidade, as comunidades afro-religiosas registram seus saberes e memórias, para além da oralidade.

Os autores devem submeter seus textos, seguindo normas do periódico, por meio do portal:

https://linkprotect.cudasvc.com/url?a=http%3a%2f%2fperiodicos.ufrn.br%2fvivencia&c=E,1,nASTx4lzmkZxyItFlAcUTCmX6kND4V8nYcxl38snbzJycWQKWmVd7UMoMTfr4PXlUJ6LxTdRiP7jphPT8Ny9wcFTPJbm1-EeVr02YGRG_6WLE8RBRA,,&typo=1, até o dia 21 de julho.


Para mais informações, enviar mensagem para o e-mail: vivenciareant@yahoo.com.br, indicando como assunto da mensagem o tema do dossiê: “Patrimônio afro-religioso: acervos, preservação e fonte de conhecimento”.

É indispensável que as/os autores que observem as normas da Vivência em:
https://linkprotect.cudasvc.com/url?a=https%3a%2f%2fperiodicos.ufrn.br%2fvivencia%2fabout%2fsubmissions&c=E,1,jrhdSEVlFVZFjQn6LGdOK9Vxn7LW5vYP1ym1XgkMW0GAXoU6VHQY91d7HH1yv68Bf0WO9JiPH_zLHrz6oMo19QrXAJLvTB0hi_RZ-_PW5A,,&typo=1], antes de submeterem as suas propostas.

Notícia cadastrada em: 16/05/2019 17:13
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao