Discentes do Mestrado em História dos Sertões publicam artigos em periódicos científicos

Três discentes do Mestrado em História dos Sertões publicaram, recentemente, resultados de suas pesquisas em periódicos científicos.

 

A primeira discente, Alda Dantas, publicou o artigo À sombra do Jardim: apontamentos sobre o “desaparecimento” indígena na Povoação do Jardim das Piranhas (Ribeira do Piranhas, séculos XVIII e XIX), no periódico Faces da História – Revista Discente do Programa de Pós-Graduação em História da UNESP de Assis, v. 7, n. 1 (2020), integrando o dossiê “Povos indígenas nas Américas: presenças, ocultamentos e resistências”. A aluna Alda Dantas compõe a turma 2020 do MHIST e é orientada pelo Professor Helder Macedo.

 

Os outros dois discentes são da turma 2019 do MHIST e publicaram seus artigos na revista História e Cultura – Revista Discente do Programa de Pós-Graduação em História da UNESP de Franca, v. 9, n. 1 (2020), integrando o dossiê “Por uma história dos sertões: novas perspectivas e temporalidades sobre o ‘Brasil profundo’”. O primeiro deles, o discente Marcelino Gomes, orientando do Professor Durval Muniz, publicou o artigo Dos “confins do Brasil” às passarelas: os sertões em moda. O segundo, Johnnys Alencar, orientando da Professora Paula Fernandes, publicou o artigo A Liça e as representações em torno do Sertão no Cariri cearense: por uma história intelectual dos sertões. Ambos os discentes são bolsistas CAPES.

 

Menção especial fazemos, também, à nossa ex-aluna da Licenciatura em História do CERES-UFRN (Campus de Caicó), Fabiana Dantas, que, na mesma edição da revista História e Cultura teve o seu artigo publicado, intitulado Celestino Alves: um poeta sertanejo e o dilema das secas. Fabiana Dantas, hoje, é mestranda em História no PPGH/UFPB.

 

O Mestrado em História dos Sertões se congratula com o esforço dos mestrandos e mestrandas em tornar públicos os resultados de suas pesquisas, e parabeniza pelas publicações!

 

Links para acesso aos artigos

À sombra do Jardim: apontamentos sobre o “desaparecimento” indígena na Povoação do Jardim das Piranhas (Ribeira do Piranhas, séculos XVIII e XIX) - Alda Medeiros

 

Dos “confins do Brasil” às passarelas: os sertões em moda – Marcelino Gomes

 

A Liça e as representações em torno do Sertão no Cariri cearense: por uma história intelectual dos sertões – Johnnys Alencar

 

Celestino Alves: um poeta sertanejo e o dilema das secas – Fabiana Dantas

Notícia cadastrada em: 13/07/2020 09:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao