Banca de DEFESA: RODRIGO FALCÃO CARVALHO PORTO DE FREITAS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RODRIGO FALCÃO CARVALHO PORTO DE FREITAS
DATA : 21/10/2022
HORA: 08:30
LOCAL: DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA - AUDITÓRIO
TÍTULO:

Fluxo de trabalho digital em próteses totais:

Propriedades biomecânicas e desenvolvimento de um fluxo de trabalho inovador


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave:  Prótese Total, Impressão Tridimensional, Desenho Assistido por Computador/Fabricação Auxiliada por Computador, CAD-CAM.


PÁGINAS: 124
RESUMO:

A reabilitação com próteses totais convencionais (PTs) é o tratamento mais tradicionalmente utilizado para a reabilitação de pacientes edêntulos. Atualmente, as PTs são confeccionadas principalmente usando métodos convencionais, que envolvem uma ampla série de procedimentos clínicos e laboratoriais. Nesse contexto, novos recursos digitais, como a manufatura subtrativa (fresagem CAD/CAM) e a manufatura aditiva (prototipagem rápida) podem promover significativos avanços, reduzindo o tempo e o custo de produção de PTs. Assim, este estudo objetiva investigar as características superficiais (rugosidade e ângulo de contato), propriedades mecânicas (resistência mini-flexural) e a adesão de biofilme sobre polímeros de PMMA pré-polimerizado (CAD-CAM) e sobre resinas para impressão tridimensional (3D) utilizados na fabricação de bases de PTs, bem como propor um fluxo de trabalho inovador. Para a análise in vitro, foram fabricados um total de 60 discos e 40 corpos-de-prova retangulares distribuídos em quatro grupos: PMMA pré-polimerizado (GM), resina impressa (GP) e PMMA processado por termopolimerização convencional (GCL) ou por energia de micro-ondas (GCV). A rugosidade foi determinada pelo valor de Ra; o ângulo de contato foi medido pelo método da gota séssil; o teste de resistência à mini-flexão foi obtido por teste de flexão de três pontos, enquanto o comportamento frente à formação de biofilme foi analisado através da adesão de biofilme de C. albicans. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e analítica (α = 0,05). Os resultados mostraram que os espécimes produzidos por impressão 3D apresentaram a maior rugosidade superficial (Ra: 0,317 ± 0,151μm) e os menores valores de resistência à mini-flexão (57,23 ± 9,07MPa) e o grupo confeccionado a partir de discos de PMMA pré-polimerizados apresentou a menor adesão de biofilme de C. Albicans (log UFC/mL: 3,74 ± 0,57) e maior média de resistência à mini-flexão (114,96 ± 16,23 MPa). Não houve diferença estatística entre a resina pré-polimerizada CAD-CAM e os grupos convencionais para rugosidade, ângulo de contato e resistência à mini-flexão. O novo fluxo de trabalho apresentado para confecção de próteses totais resultou em um protocolo de três consultas em que são feitas moldagens anatômicas na 1ª sessão, juntamente com o registro do suporte labial, plano oclusal e linhas de referência para subsidiar a montagem dos dentes superiores. Uma prótese-teste é confeccionada por meio de procedimentos convencionais ou CAD-CAM e avaliada na 2ª consulta, permitindo observar o resultado estético, executar a moldagem funcional e realizar o registro da relação maxilo-mandibular, fornecendo referências precisas para a confecção da prótese. Com base nos resultados da fase in vitro deste estudo, os polímeros de PMMA obtidos a partir de disco para fresagem CAD-CAM apresentaram propriedades mecânicas e superficiais semelhantes às resinas convencionais e mostraram um comportamento inibidor da adesão de C. albicans, enquanto os espécimes produzidos por impressão 3D exibiram a menor resistência à flexão e a maior rugosidade da superfície. O dispositivo proposto para execução das etapas clínicas relacionadas à fabricação de PTs mostrou-se viável para ser utilizado tanto pelo fluxo de trabalho convencional, quanto por métodos de fabricação por tecnologia CAD-CAM, simplificando as técnicas disponíveis e apresentando confiabilidade e previsibilidade para produção de próteses totais precisas em número de sessões reduzido.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1459400 - ADRIANA DA FONTE PORTO CARREIRO
Interno - 1640419 - RODRIGO OTHAVIO DE ASSUNCAO E SOUZA
Externo à Instituição - SANDRA LÚCIA DANTAS DE MORAES - UPE
Externo à Instituição - TÚLIO PESSOA DE ARAÚJO - UFPB
Externo à Instituição - VINICIUS DUTRA - IUPUI
Notícia cadastrada em: 05/10/2022 09:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao