Banca de DEFESA: MIRIA RAFAELLI SOUZA CURINGA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MIRIA RAFAELLI SOUZA CURINGA
DATA : 08/08/2022
HORA: 14:30
LOCAL: HÍBRIDO: DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA - SALA DE AULAS V E GOOGLE MEET
TÍTULO:

DELINEAMENTO DIGITAL DE ARCOS PARCIALMENTE DESDENTADOS PARA PLANEJAMENTO DE PRÓTESES PARCIAIS REMOVÍVEIS: ESTUDO DE ACURÁCIA


PALAVRAS-CHAVES:

 Prótese parcial removível, acurácia, Delineamento, Digital


PÁGINAS: 75
RESUMO:

 

Esse estudo de diagnóstico teve como objetivo analisar a acurácia diagnóstica do delineamento digital em relação ao convencional de arcos parcialmente desdentados para planejamento de próteses parciais removíveis (PPR). A amostra foi composta 143 faces dentárias presentes em 30 modelos de arcos parcialmente desdentados no formato STL (Tesselation Standart Language), que foram submetidos a dois métodos: delineamento convencional (Grupo DC), a partir da impressão dos modelos e digital (Grupo DV), com os arquivos STL do modelo importado para o software Dental Wings(especificar fabricante, país). Uma ficha específica foi idealizada para a coleta dos seguintes quesitos: planos-guias, áreas retentivas, reciprocidade e o tempo de delineamento. Foi avaliada a  acurácia e coincidência entre os quesitos avaliados e a localiazação do arco e o número de espaços próteticos, entre o delineamento convencional e o digital. O resultado evidenciou acurácia baixa para o fator plano guia (0,57) e moderada para áreas retentivas (0,67) e reciprocidade (0,72). O tempo necessário para realização do delineamento digital foi menor ( 2,87 ±0,95 minutos) que o requerido para o método convencional  (3,95 ±1,61 minutos) (p<0,001). A coincidência entre os métodos não foi influenciada pela localização do arco. Entretanto, quanto maior a quantidade de espaços protéticos, menor foi a coincidência entre os métodos para os fatores plano guia e área retentiva. Conclusão: O método digital de delineamento apresentou acurácia baixa a moderada com relação ao convencional. No entanto, a visualização das áreas retentivas por um gradiente de cores, facilita a identificação dos fatores determinantes tornando a técnica digital mais rápida e mais objetiva para o diganóstico da necessidade de preparo dos elementos pilares em PPR.

 



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1459400 - ADRIANA DA FONTE PORTO CARREIRO
Externa à Instituição - ANA CLÁUDIA PAVARINA - UNESP
Interno - 1640419 - RODRIGO OTHAVIO DE ASSUNCAO E SOUZA
Notícia cadastrada em: 04/08/2022 12:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao