Banca de QUALIFICAÇÃO: RANI IANI COSTA GONÇALO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RANI IANI COSTA GONÇALO
DATA : 21/07/2022
HORA: 09:00
LOCAL: PLATAFORMA REMOTA
TÍTULO:

A INFLUÊNCIA DA YES-ASSOCIATED PROTEIN (YAP) SOBRE A PROLIFERAÇÃO CELULAR E A APOPTOSE EM LESÕES ODONTOGÊNICAS EPITELIAIS BENIGNAS


PALAVRAS-CHAVES:

Yes-associated protein; Proliferação celular; Apoptose; Cistos Odontogênicos; Tumores Odontogênicos; Imuno-histoquímica.


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Diversas condições podem afetar o complexo maxilo-mandibular, dentre as quais destacam-se os cistos e tumores odontogênicos.  Essas lesões se desenvolvem a partir do aprisionamento de remanescentes teciduais da odontogênese nos tecidos moles ou nos ossos maxilares. De acordo com sua origem celular, os cistos odontogênicos classificam-se em inflamatórios ou de desenvolvimento; já os tumores odontogênicos são classificados como epiteliais, mistos ou mesenquimais. Algumas lesões, como o cisto dentígero (CD), apresentam comportamento indolente, enquanto outras, como ceratocisto odontogênico (CO) e ameloblastoma (AMB), caracterizam-se por um comportamento agressivo e elevadas taxas de recorrência. Por estas se enquadrarem entre as lesões odontogênicas mais frequentes, estudos têm sido desenvolvidos com enfoque em sua patogênese, de modo a elucidar os mecanismos moleculares subjacentes ao desenvolvimento das mesmas. Diante disso, alterações na expressão de marcadores relacionados ao potencial proliferativo do epitélio odontogênico, como Ciclina D1 (CCND1), Ki-67 e Bcl-2, têm demonstrado influenciar diretamente no crescimento cístico/tumoral, bem como no comportamento biológico de cistos e tumores odontogênicos. Estudos têm mostrado que a superexpressão desses marcadores estaria relacionada à agressividade inerente a lesões mais agressivas, principalmente CO e ameloblastoma. Por sua vez, a proteína YAP (do inglês, Yes-associated protein) tem se destacado por atuar como um co-ativador/repressor transcricional de genes envolvidos na proliferação celular e na supressão da apoptose, relacionando-se com a ativação de vias associadas à progressão neoplásica. Assim, a realização de estudos que visem associar a expressão de YAP com marcadores envolvidos no crescimento cístico e/ou tumoral viabilizam a compreensão da interação dessas proteínas na patogênese das lesões odontogênicas. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivo analisar a expressão imuno-histoquímica da proteína YAP e correlacioná-la com marcadores envolvidos na apoptose e na proliferação celular em lesões odontogênicas epiteliais benignas.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DENISE HELEN IMACULADA PEREIRA DE OLIVEIRA - UFC
Presidente - 1258693 - LELIA MARIA GUEDES QUEIROZ
Externo à Instituição - LEORIK PEREIRA DA SILVA - UFCG
Notícia cadastrada em: 27/06/2022 12:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao