Banca de QUALIFICAÇÃO: LIDYA NARA MARQUES DE ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LIDYA NARA MARQUES DE ARAÚJO
DATA : 29/06/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Plataforma Remota
TÍTULO:

INFLUÊNCIA DE DOIS COMPONENTES PROTÉTICOS NO COMPORTAMENTO DOS TECIDOS PERI-IMPLANTARES PÓS-REABILITAÇÃO UNITÁRIA EM REGIÃO ESTÉTICA


PALAVRAS-CHAVES:

Implantação Dentária; Estética Peri-implantar; Intermediário protético.


PÁGINAS: 48
RESUMO:

A estabilidade dos tecidos moles e ósseo ao redor do implante é um componente crítico para o sucesso do implante a longo prazo e pode ser influenciado por uma série de fatores inerentes a reabilitação, incluindo os diferentes tipos de conexões protéticas. OBJETIVO: Comparar o comportamento do tecido peri-implantar em reabilitação com coroas implantossuportadas na região estética, após a realização de um protocolo definido de planejamento e execução do tratamento usando como componente um intermediário protético pré-fabricado em titânio ou intermediário protético fresado em zircônia. METODOLOGIA: Neste estudo longitudinal do tipo ensaio clínico controlado, cego e não randomizado, quarenta pacientes com necessidade de reabilitação com coroas unitárias sobre implantes em área estética serão alocados sequencialmente em dois grupos: 20 reabilitados sobre um sistema de implante com intermediário protético pré-fabricado em titânio (G1) e 20 sobre um sistema de implantes com intermediário protético fresado em zircônia (G2). O comportamento do tecido peri-implantar será avaliado em T0 (momento anterior a implantação), T1 (no início do condicionamento tecidual) e T2 (ao fim da fase de condicionamento tecidual), T3 (uma semana após cimentação da coroa final) e T4 (um ano após cimentação da coroa final). Índice de Placa Visível (IPV), Índice de Sangramento Gengival (ISG), Profundidade de Sondagem (PS), Relação Altura/Largura da papila interdental (AP/LP), Relação Altura/Largura da coroa (AC/LC), Faixa de Mucosa Ceratinizada (MC), Espessura gengival (EG), Fenótipo periodontal (FP), Recessão Gengival (RG), dado radiográfico da distância da crista óssea para o ponto de contato do elemento reabilitado, Pink Esthetic Score (PES) serão avaliados. A análise dos dados entre os tempos será feita utilizando os testes de Friedman, enquanto a comparação entre os grupos será através do teste de Kruskal-Wallis, Teste de Mann-Whitney e Qui-quadrado/Exato de Fisher, ambos com nível de significância de 5%. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se que o G1 apresente resultados clínicos superiores devido às diferentes etapas de desconexão e reconexão do implante ao componente protético que ocorrem no G2. Esse processo pode afetar a estabilidade do tecido peri-implantar, gerar inflamação e perda óssea.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1660087 - BRUNO CESAR DE VASCONCELOS GURGEL
Interna - 1678126 - PATRICIA DOS SANTOS CALDERON
Interno - 1640419 - RODRIGO OTHAVIO DE ASSUNCAO E SOUZA
Notícia cadastrada em: 21/06/2021 09:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao