Banca de DEFESA: GILBRANDO MEDEIROS TRAJANO JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GILBRANDO MEDEIROS TRAJANO JUNIOR
DATA : 24/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: google meet
TÍTULO:

DESEMPENHO DOS INSTRUMENTOS DA POLÍTICA PÚBLICA DE SANEAMENTO BÁSICO BRASILEIRA NA CONSOLIDAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO.


PALAVRAS-CHAVES:

Saneamento, Análise Multivariada, Política Pública, Esgotamento Sanitário.

 

 


PÁGINAS: 48
RESUMO:

Ante um cenário em que pesquisas direcionadas à administração pública, geografia e as leis governamentais ligadas ao esgotamento sanitário ocupam menos de 1% das publicações científicas internacionais, tais aspectos tornam-se relevantes como objeto de análise, sobretudo em países em desenvolvimento nos quais o déficit dessas estruturas é mais evidente. Nesse cenário, o Brasil surge como objeto de estudo e contextualização, tendo em vista a consolidação, a mais de uma década, da sua política pública de saneamento e uma distância da universalização dos serviços que o compõem. Sendo assim, o trabalho através da utilização do método da Análise de Componentes Principais (PCA) avalia, dentro da política pública e do contexto demográfico brasileiro, quais os critérios definidos no instrumento legal em vigor se refletem na consolidação dos serviços de esgotamento sanitário do país. Os resultados evidenciam que a metodologia de análise dos componentes principais pode ser um instrumento de análise de políticas públicas e seus reflexos em aspectos vinculados à engenharia. Os resultados também demonstram que cada uma das regiões brasileiras tem comportamentos peculiares no que diz respeito a implementação da política pública de saneamento e seus reflexos. Contudo, com exceção da região sudeste, é possível perceber que, nas demais regiões do Brasil, a regulação dos serviços de saneamento é fator diretamente relacionado ao nível de estruturação da infraestrutura de esgotamento sanitário, representado pela rede de esgoto. As conclusões obtidas no trabalho evidenciam que a representação política no país muitas vezes se sobressai as exigências legais para que a infraestrutura seja consolidada. E que mesmo tendo sido atualizada recentemente, a legislação norteadora do saneamento no Brasil ainda tem grandes desafios a serem sanados, sendo um dos principais o avanço nas práticas relacionadas ao saneamento rural.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3057847 - SILVÂNIA LUCAS DOS SANTOS
Externa ao Programa - 1615358 - JAZIELLI CARVALHO SA
Externo ao Programa - 2550052 - PAULO EDUARDO VIEIRA CUNHA
Externo à Instituição - RUI DE OLIVEIRA - UFCG
Notícia cadastrada em: 31/01/2022 21:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao