Banca de QUALIFICAÇÃO: CAIO VITOR MATOS MOREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAIO VITOR MATOS MOREIRA
DATA : 26/02/2021
HORA: 09:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

IMPACTOS DE EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS NA QUALIDADE DA ÁGUA DE CORPOS HÍDRICOS CONTINENTAIS


PALAVRAS-CHAVES:

 Eutrofização, Cienciometria, Seca Prolongada, Esgotamento hídrico, Semiárido.


PÁGINAS: 17
RESUMO:

Eventos climáticos extremos, como secas prolongadas ou chuvas intensas, são fenômenos que provocam grandes impactos nos corpos aquáticos. Esses eventos causam alterações de forma abrupta na dinâmica de luz, temperatura e nutrientes dos corpos hídricos. Tais fatores físico-químicos promovem alterações na teia trófica e causam desequilíbrio ecológico, tal degradação é mais grave em sistemas mais susceptíveis como os reservatórios do semiárido brasileiro. As particularidades da região de ciclo hidrológico deficitário e ocupação da bacia pela agricultura e pecuária tornam os corpos hídricos mais sensíveis a esses eventos e à eutrofização, a pluviometria local ainda torna recorrente o esgotamento completo de reservatórios. Alguns estudos indicam que após a entrada de novas águas há beneficiamento na qualidade da água (diminuição de sólidos suspensos, florações e nutrientes) após esses processos de secagem dos corpos d’água. O cenário de mudanças climáticas e o aumento da frequência desses eventos extremos demandam o extensivo estudo das alterações na qualidade da água provocadas pelas secas severas e chuvas torrenciais. Esse trabalho tem como objetivo avaliar os impactos de eventos climáticos extremos relacionados à precipitação na qualidade da água de ecossistemas continentais em escala global e regional. O estudo será composto por uma análise cienciométrica e uma análise de uma longa série de dados limnológicos de um reservatório do semiárido brasileiro exposto a períodos de chuvas acima da média histórica e períodos de seca extrema em que o levou ao esgotamento hídrico. Dessa forma poderemos avaliar os fatores-chave responsáveis pela potencialização desses impactos, incluindo o processo de eutrofização, na região semiárida e analisar a hipótese de melhora na qualidade hídrica após a secagem completa do manancial.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 3216945 - HÉRIKA CAVALCANTE DANTAS DA SILVA
Externa à Instituição - MARIA MARCOLINA LIMA CARDOSO
Externa à Instituição - MARIANA RODRIGUES AMARAL DA COSTA
Presidente - 1764855 - VANESSA BECKER
Notícia cadastrada em: 10/02/2021 16:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao