PPGEP/CT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO DE TECNOLOGIA Telefone/Ramal: (84) 3342-2255/402 https://posgraduacao.ufrn.br/pep

Banca de QUALIFICAÇÃO: BENILTON MEDEIROS NUNES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BENILTON MEDEIROS NUNES
DATA: 23/08/2013
HORA: 16:00
LOCAL: Sala D1- A
TÍTULO:

A INFLUÊNCIA DO MODELO DE TRÍPLICE HÉLICE NO GRAU DE MATURIDADE DE INOVAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO DAS EMPRESAS PARTICIPANTES DO PROJETO PRÓ-INOVA/NAGI NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE


PALAVRAS-CHAVES:

Radar de Inovação, Inovação, Grau de Maturidade, Indicadores de Inovação, P&D, Tríplice Hélice


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Produção
RESUMO:

Analisar a eficiência e eficácia da aplicação dos recursos públicos é, sobretudo em tempos de austeridade, primordial para o desenvolvimento de um país. Os investimentos públicos no desenvolvimento da inovação no país, quer por meio do aparelhamento das universidades publicas, quer por meio de editais de fomento, cresceram vertiginosamente nos últimos anos. Neste contexto, a presente dissertação tem como objetivo identificar a influência dos investimentos públicos de fomento à inovação no grau de maturidade de inovação de empresas instaladas no Estado do RN. O trabalho tem ainda como objetivo identificar a influência regional, a partir do local de instalação – se na capital ou no interior, no desempenho das empresas estudadas no grau de inovação das mesmas. A fundamentação teórica parte da compreensão da dimensão do conceito sobre a inovação e a sua definição para efeitos deste trabalho. Ainda sobre a temática da inovação são apresentadas conceituações adicionais que auxiliam o leitor a uma maior compreensão, tais como: tipologia, graus de inovação, metodologias de avaliação e mecanismos de apoio à inovação. Na sequência é abordada a conceituação sobre a tríplice hélice, ressaltando os conceitos preconizados por Etzkowitz e Leydesdorff (1996), Salomon e Silva (2007) e Ipiranga, Freitas e Paiva (2010), entre outros. No tocante aos aspectos metodológicos, propõe-se de uma pesquisa descritiva, exploratória e explicativa de abordagem quanti-qualitativa, tendo como público-alvo o grupo de empresas atendidas pelo programa PRÓ-INOVA NAGI no ano de 2013. A pesquisa deverá proporcionar reflexões e compreensão da influência dos investimentos públicos em inovação, que por meio de variáveis qualitativas preditivas, associada ao método quantitativo, explicar quais variáveis são significativas na variação do grau de maturidade em inovação das empresas estudadas. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714250 - JAMERSON VIEGAS QUEIROZ
Interno - 1142787 - JOSE ALFREDO FERREIRA COSTA
Externo ao Programa - 347303 - MARCIANO FURUKAVA
Notícia cadastrada em: 05/08/2013 16:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao