PPGEP/CT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO DE TECNOLOGIA Telefone/Ramal: (84) 3342-2255/402 https://posgraduacao.ufrn.br/pep

Banca de DEFESA: MARIANNA CRUZ CAMPOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANNA CRUZ CAMPOS
DATA: 15/12/2014
HORA: 09:30
LOCAL: D1A
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DINÂMICA NA SAÚDE: UM ESTUDO NOS HOSPITAIS DO SISTEMA ÚNICO NO RIO GRANDE DO NORTE


PALAVRAS-CHAVES:

Dynamic Data Envelopment Analysis, Eficiência, Saúde, Unidades hospitalares.


PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Produção
RESUMO:

O presente trabalho tem como objetivo propor um modelo para avaliação da eficiência dinâmica, aplicado aos hospitais gerais do Sistema Único de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte, para promover uma melhoria na taxa de atendimento para população e na gestão de recursos (humano, material e capital) nestes hospitais. Este propósito justifica-se pela situação atual da saúde brasileira definida por um contexto de alto número de redução de leitos ao longo dos anos; alto número de mortes; salas inapropriadas para intervenções ambulatoriais e cirúrgicas; leitos indisponíveis por inexistência/falta de manutenção de equipamentos básicos, e uma elevada defasagem no número de profissionais de saúde na rede hospitalar. Além disso, há uma forte dependência de financiamento para os altos custos operacionais, incapazes de gerar um padrão de qualidade aceitável. O método de pesquisa foi predominantemente exploratório, com aplicação da Análise Envoltória de Dados com modelagem dinâmica (Dynamic Data Envelopment Analysis - DDEA) para determinar a eficiência das unidades organizacionais no período entre os anos de 2011 a 2013, por meio de cortes transversais. Para a condução desta pesquisa, foram consideradas unidades hospitalares gerais (39) administradas diretamente por órgãos da saúde, o que representam aproximadamente 80% dos hospitais públicos gerais do Rio Grande do Norte. Com o uso desta metodologia, os resultados apontaram os hospitais com melhor desempenho no período analisado, contribuindo para a tomada de decisão gerencial e o planejamento eficiente das ações de saúde pública no Estado. A implementação da análise dinâmica alcançou o seu principal objetivo, ao apresentar resultados mais discriminatórios em relação ao modelo clássico de DEA e também permitir a análise dos impactos na produtividade dos hospitais no período observado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1777131 - MARIANA RODRIGUES DE ALMEIDA
Interno - 1746084 - DANIEL ALOISE
Externo à Instituição - MARIA CONCEIÇÃO PORTELA - UCP
Notícia cadastrada em: 12/12/2014 22:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao