Banca de DEFESA: ILANA DEYSE ROCHA LEITE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ILANA DEYSE ROCHA LEITE
DATA : 08/12/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Remoto via Google Meet
TÍTULO:

CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE INSTRUMENTO HISTÓRICO DE ENFERMAGEM PARA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA PEDIÁTRICA 


PALAVRAS-CHAVES:

Processo de Enfermagem. Enfermagem pediátrica. Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica. Pesquisa metodológica em enfermagem.


PÁGINAS: 126
RESUMO:

Uma das ferramentas utilizadas pelo enfermeiro no seu processo de trabalho é o Histórico de Enfermagem, primeira etapa do Processo de Enfermagem, conhecida como a fase de investigação, que consiste na coleta de dados para identificação de problemas reais ou potenciais das pessoas que necessitam de cuidados. Para a coleta de dados o enfermeiro necessita de um instrumento que lhe sirva de guia e que reproduza as necessidades da pessoa a ser cuidada. Objetiva-se nesse estudo construir e validar um instrumento de Histórico de Enfermagem para Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica de um Hospital Universitário. Trata-se de um estudo metodológico, com abordagem quantitativa que utilizará como referencial teórico a Teoria das Necessidades Humana Básicas de Wanda Horta e como referencial metodológico Pasquali (2010) que enfatiza a importância do processo de validação do instrumento. Será desenvolvido em três polos ou etapas: o primeiro polo/etapa será o Teórico, com uma revisão de escopo a fim de selecionar os resultados para compor os itens de construção do instrumento para Histórico de Enfermagem, guiado pelo referencial da Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda Horta e elaboração do constructo; o segundo polo/etapa consta dos procedimentos empíricos, através do julgamento por quinze juízes, experts na área da Enfermagem, do conteúdo e aparência do constructo, utilizando uma escala tipo Likert e avaliação semântica do itens e domínios através da técnica do Brainstorming; o terceiro polo/etapa consiste dos procedimentos estatísticos, com a análise estatística  e validação da versão final do instrumento por meio do índice de validade de conteúdo (IVC) e coeficiente de concordância de Kappa (k). Como resultado, obteve-se no primeiro polo 6 estudos que compunham a amostra final da revisão de escopo e pelos quais organizou-se a primeira versão do instrumento com sete domínios e 78 itens. No segundo polo, os Juízes e experts validaram o conteúdo e a aparência utilizando uma rodada da técnica Delphi, onde 4 itens obtiveram um índice de concordância abaixo do ponto de corte (< 0,64). O instrumento não sofreu alterações após a avaliação semântica dos itens e domínios pela técnica Brainstorming uma vez que os participantes demonstraram compreensão de todos os itens, com concordância acima do ponto de corte (>0,70) em todos os itens. Ao término da avaliação, o instrumento final contém sete domínios e 79 itens validados e compreensíveis para ser utilizado em UTI Pediátrica. Acredita-se que o instrumento HE tem a contribuir para a melhoria da qualidade dos cuidados de Enfermagem prestados aos pacientes pediátricos internados em UTI Pediátrica, além de otimizar o tempo gasto pelo profissional e favorecer a comunicação entre os membros da equipe


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 4177365 - JULIANA TEIXEIRA JALES MENESCAL PINTO
Interna - 2474945 - IZAURA LUZIA SILVERIO FREIRE
Externo à Instituição - ERIK CRISTÓVÃO ARAÚJO DE MELO - UFCG
Notícia cadastrada em: 29/11/2022 14:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao