Banca de DEFESA: RENATA RILKIA PEDROSA BEZERRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RENATA RILKIA PEDROSA BEZERRA
DATA : 21/12/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Defesa virtual
TÍTULO:

PROTOCOLO DE PREVENÇÃO PARA ACIDENTES POR QUEDA EM RECÉM-NASCIDOS


PALAVRAS-CHAVES:

Acidentes por quedas; Recém-nascido; Segurança do paciente.


PÁGINAS: 66
RESUMO:

Acidentes por queda são a segunda principal causa de mortes por ferimentos acidentais ou não intencionais no mundo. Em recém-nascidos (RN), é definida quando a criança segurada pelo profissional de saúde, familiares ou acompanhante, cai ou escorrega das mãos, braços ou colo, independente se causou danos ou não. Na instituição que foi realizado o estudo, durante o ano de 2019 até o mês de agosto, foram registrados 5 casos de quedas em RN. Embora as principais lesões relatadas sejam pequenos abrasões e escoriações, esses incidentes geralmente são preveníveis, portanto, é imprescindível que as instituições de saúde promovam um programa de segurança ao RN e ofertem um ambiente seguro, a fim de diminuir ou extinguir esses eventos. Estudo de natureza qualitativa que teve como objetivo desenvolver em conjunto com os enfermeiros assistenciais e integrantes do NSP (Núcleo de Segurança do Paciente) um protocolo de prevenção de quedas para RN no alojamento conjunto (AC). A realização da pesquisa seguiu duas etapas distintas, porém complementares. Na primeira etapa, foi realizado coleta de dados através de entrevistas com enfermeiros assistenciais e representantes do NSP no período de julho e agosto de 2020. No segundo momento, a análise das entrevistas dos profissionais somada ao estudo aprofundado das evidências científicas que abordam a prevenção de acidentes por quedas em recém-nascidos subsidiou a elaboração do protocolo. O local do estudo foi uma maternidade escola, referência em alto risco no estado.A análise de dados foi norteada pela análise de conteúdo proposto por Bardin que seguiu três etapas: A pré-análise, exploração do material e interpretação dos dados . Da análise das entrevistas emergiram as seguintes categorias:  Prevenção de quedas em RN e Caminhos para elaboração do protocolo.  Sendo assim, a pesquisa corroborou para elaboração do protocolo, uma importante ferramenta capaz de padronizar as ações e aprimorar a assistência ofertada, além de sua implantação ser de baixo custo para instituição e possuir grande impacto na diminuição e mitigação de eventos adversos. A segunda etapa da pesquisa foi a construção do protocolo, sendo consideradas como base a importância e a gravidade da situação inicial como também a declaração dos profissionais, reportando-se sempre aos objetivos e metas propostas para a superação do problema. Conclui-se que o protocolo norteará a adoção de boas práticas e promoção da segurança do paciente além de sua implantação ser de baixo custo e possuir grande impacto na diminuição e mitigação de eventos adversos. A longo prazo, propõe-se elaborar indicadores que permitam avaliar processos e resultados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2207229 - SIMONE PEDROSA LIMA
Interna - 2200719 - MARIA CLAUDIA MEDEIROS DANTAS DE RUBIM COSTA
Externa à Instituição - ROSANGELA DINIZ CAVALCANTE - UERN
Notícia cadastrada em: 21/12/2020 13:08
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao