Banca de DEFESA: DIONISIO DIAS AIRES DE CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DIONISIO DIAS AIRES DE CARVALHO
DATA : 16/12/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência pelo Google Meet
TÍTULO:

Desenvolvimento de módulo de detecção de miRNA para dispositivo biomédico de triagem de câncer


PALAVRAS-CHAVES:

Câncer, miRNA, Biomarcador, Biossensor, Dispositivo, Sistema Embarcado, Diagnóstico auxiliado por sistemas


PÁGINAS: 48
RESUMO:

Câncer é um conjunto de doenças, neoplasias malignas ou benignas, associadas ao crescimento desordenado das células, podendo ser agressivo e causar a morte. Existem diversos tipos de câncer devido à variedade de células do corpo humano e suas maneiras de se reproduzirem e multiplicarem-se afetando assim, a gravidade e forma de debilitar tecidos e órgãos. O diagnóstico é realizado com equipamentos de alto custo e com a necessidade de profissionais especializados para operá-los, o que acarreta escassez que retarda a descoberta da doença e diminui as chances de sobrevida dos pacientes. Porém, em constante evolução, a ciência tem descoberto novas formas de detecção, tais como uma das mais recentes, os microRNAs (miRNAs), que são reguladores chave da expressão gênica, que atuam no bloqueio e na regulação da ação do RNA mensageiro, sendo potenciais biomarcadores para a doença. A metodologia utiliza-se de um estudo sobre câncer e os miRNAs como possíveis Biomarcadores e um estudo sobre alguns tipos de biossensores em uso na atualidade com o objetivo de encontrar uma forma que se adeque a parâmetros de portabilidade e baixo custo. O desenvolvimento do projeto deu-se através de simulação do circuito em sistema computacional e sua posterior construção real. Em todas estas etapas, foi considerada a necessidade de integração com sistema gerenciador de informações e ordenador de tarefas. O referido estudo forneceu subsídios para o desenvolvimento de um dispositivo com sistema embarcado que realiza a leitura e quantificação dos resíduos de miRNAs de forma a garantir alta especificidade, sendo controlável por sistema externo através de comunicação serial, que realiza o teste de maneira rápida e de baixo custo, proporcionando maior economicidade ao SUS. Conclui-se que o miRNABox, um dispositivo com sistema embarcado para uso biomédico, desenvolvido pelo Núcleo Avançado de Inovação Tecnológica (NAVI) em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) e o Ministério da Saúde (MS), propõe a aplicabilidade na Atenção Primária à Saúde (APS) com o objetivo de realizar a análise e diagnóstico precoce de câncer de mama, próstata e colo de útero, no intuito de melhorar o processo de triagem de pacientes e proporcionar redução de custos na área da saúde com doenças complexas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 046.446.184-70 - ANTONIO HIGOR FREIRE DE MORAIS - IFRN
Externo ao Programa - 3966965 - ERNANO ARRAIS JUNIOR
Interno - 010.655.474-39 - JOÃO PAULO QUEIROZ DOS SANTOS - IFRN
Externo à Instituição - LEANDRO SILVA COSTA - IFRN
Notícia cadastrada em: 25/11/2021 13:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao