Banca de QUALIFICAÇÃO: VALÉRIA SOARES ROCHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VALÉRIA SOARES ROCHA
DATA : 05/11/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Rute - HUOL
TÍTULO:

SISTEMA PARA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DE ENDOFTALMITES EM HOSPITAIS DA REDE EBSERH


PALAVRAS-CHAVES:

Procedimentos cirúrgicos oftalmológicos, endoftalmite, vigilância epidemiológica.


PÁGINAS: 15
RESUMO:

Existe em execução no Brasil, para ações de prevenção e controle de doenças e agravos, um sistema intitulado Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SNVE). Este sistema foi formalizado pela Lei nº 6.259/1975 e pelo decreto nº 78.231/1976 que incorporou incorporou o conjunto de doenças transmissíveis então consideradas de maior relevância sanitária no país. Almejava-se, no momento, compatibilizar a operacionalização de estratégias de intervenção, desenvolvidas para o controle de determinadas doenças e agravos a saúde.

Dessa forma, um serviço de vigilância representa uma importante ferramenta para controle de eventos adversos nos serviços de saúde. Neste estudo, apesar da endoftalmite apesar de ser um evento raro e não ser de notificação compulsória obrigatória no Brasil, sua ocorrência tem exigido atenção  dos serviços de saúde e exposta a vem ganhando uma necessidade de avaliação observação sistematizadamais sistemática, justificando desta forma o que justifica a imposição necessidade dde fortalecer a construção de um sistema  especíifico com alto poder de identificação, rastreabilidade e controle de alta especificidade e rastreabilidade para melhoria dos processos de prevenção e controle relacionados a assistência à saúde.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), define endoftalmite como sendo uma infecção que acontece no interior do olho, ocasionando uma resposta inflamatória devido a presença de microrganismos patogênicos invasivos e replicantes. Sabe-se que vSão vários os fatores que podem desencadear esse tipo de infecção, no entanto, quando resultante decorrente de procedimentos cirúrgicos, considera-se infecção relacionada  é então associada a infecções relacionada a Saúde representando assim a mais temida  e representa a mais temida complicação pós-cirúrgica. Sua ocorrência pode ocorrer em forma de surtos, devido o grande número de pacientes atendidos no mesmo período. 

Logo, o presente estudo tem por objeto desenvolver um sistema de vigilância epidemiológica por meio da elaboração de um programa/aplicativo para monitorar, investigar, controlar e prevenir endoftalmites nos serviços de oftalmologia de hospitais gerenciados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). 

Trata-se de um estudo metodológico com produção tecnológica, na qual será aplicada uma abordagem qualitativa. Espera-se com o desenvolvimento deste estudo alcançar a padronização de um Sistema de Vigilância epidemiológica de alta especificidade facilitando a elaboração de banco de dados que poderá ser usado para realização de estimativas locais, monitoramento, controle e prevenção de endoftalmites. Consequentemente fortalecer o serviço de controle de infecção e epidemiológico local. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1139873 - RICARDO FERNANDO ARRAIS
Interna - 1717611 - JOSELI SOARES BRAZOROTTO
Interna - 2200719 - MARIA CLAUDIA MEDEIROS DANTAS DE RUBIM COSTA
Notícia cadastrada em: 23/10/2019 17:42
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao