Banca de QUALIFICAÇÃO: NADYNE DAYONARA MAURÍCIO DE AMORIM

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NADYNE DAYONARA MAURÍCIO DE AMORIM
DATA : 13/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: SEDIS-Videoconferência
TÍTULO:

Guia informativo para gestantes sobre sífilis congênita


PALAVRAS-CHAVES:

Sífilis; sífilis congênita; gravidez


PÁGINAS: 36
RESUMO:

O Brasil vive um cenário de alta incidência de sífilis desde o ano 2010, ocasionando no anúncio do Ministério da saúde sobre a epidemia da doença no Brasil. A doença é curável, exclusiva de seres humanos e transmitida através da relação sexual a partir da bactéria Treponema Pallidum. A sífilis adquirida, a sífilis em gestantes e a sífilis congênita são os tipos possíveis da doença. Diferentemente dos demais, a sífilis congênita é transmitida de mãe para filho durante a gestação ou parto, caso a mãe não seja diagnosticada ou tratada durante o período gestacional. Este tipo de sífilis apresentou um aumento de 300 por cento nos registros de novos casos no país.

As informações apresentadas são alarmantes e presumem possíveis circunstâncias vivenciadas no Brasil. Tendo em vista que a taxa de incidência de sífilis congênita aumenta intensamente, é possível afirmar que o número de novos casos de sífilis em gestantes, bem como a incidência de uma lacuna no diagnóstico e tratamento da doença também apresenta números preocupantes. Durante o pré-natal, a mãe é submetida ao teste de sífilis a cada trimestre e esse teste é repetido mensalmente caso a grávida seja diagnosticada com sífilis.

Dois testes são realizados no diagnóstico da sífilis. O teste rápido (teste treponêmico) é utilizado como primeiro teste e apresenta seu resultado em no máximo 30 minutos. Caso seu resultado seja reagente (há presença do agente etiológico), o indivíduo deve realizar o segundo teste, o VDRL (teste não treponêmico), em que tem seu resultado apresentado em cerca de sete dias. Devido à gravidade do cenário em que o bebê pode ser submetido, caso o indivíduo seja uma gestante, o tratamento com penicilina benzatina (benzetacil) deve começar imediatamente, ou seja, antes mesmo do recebimento do VDRL.

É curioso pensar que, com a diminuição dos casos de sífilis congênita, há uma diminuição dos casos de sífilis para uma futura população. O acompanhamento correto do pré-natal, bem como a execução adequada das instruções de tratamento da doença devem ser seguidas para que a sífilis, que é milenária, passe a ficar apenas na história do Brasil.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 1790060 - ALINE DE PINHO DIAS
Interno - 1422699 - HERTZ WILTON DE CASTRO LINS
Presidente - 2562782 - KARILANY DANTAS COUTINHO
Notícia cadastrada em: 30/08/2019 14:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao