Banca de DEFESA: JUSSARA DE LUCENA ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JUSSARA DE LUCENA ALVES
DATA : 09/10/2018
HORA: 08:00
LOCAL: CTEC
TÍTULO:

PROPOSTA DE UM NOVO PROTOCOLO DE RESERVAS DE HEMOCOMPONENTES PARA CIRURGIAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE RECIFE-PERNAMBUCO


PALAVRAS-CHAVES:

Qualidade, Transfusão, Indicadores, Gestão de qualidade.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

A transfusão sanguínea é um procedimento complexo que envolve riscos, os quais podem ser minimizados com atividades para manter a qualidade dos processos. Para isso, faz-se necessário o estabelecimento de fluxos bem definidos para melhorar os processos e minimizar gastos desnecessários. O objetivo deste trabalho é propor um novo protocolo de reserva de hemocomponentes para cirurgias em um hospital universitário de Recife-PE. Inicialmente, mapeou-se o processo de trabalho relacionado a transfusão e reserva de hemocomponentes e, com base das 511 solicitações de transfusão de sangue- STS analisadas entre fevereiro e junho de 2018, foi possível descrever os indicadores “Conformidade das STS”, “Frequência de dados ausentes nas STS;, e “Número de reservas de concentrado de hemácias- CH para cirurgias”. Após essa avaliação prévia, realizou-se a construção do protocolo de reserva de hemocomponentes para cirurgias. Os pontos críticos descados no mapeamento foram o preenchimento das STS e o número excessivo de CH reservados que retornavam ao estoque. Foi verificado que quase a metade das solicitações estudadas estavam incompletas ou com rasusas. Os dados mais ausentes nas STS foram idade, resultados laboratoriais, peso, sexo e localização do paciente. No período estudado, das solicitações de reservas de CH realizadas, apenas 5,3% foram utilizadas. Isso evidencia um elevado número de sangue solicitado desnecessariamente. Com a utilização do protocolo de reserva de hemocomponentes para cirurgias os gastos com as reservas teriam sido 50% mais baixos. A utilização do protocolo proposto, gera uma economia com impacto direto nos níveis de estoque de sangue, pois, ao realizar apenas as reservas necessárias, menos tempo e materiais serão desperdiçados e principalmente menos hemocomponentes serão manuseados desnecessariamente, diminuindo assim, o risco de perda desse bem tão importante que é o sangue humano.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1752038 - CUSTODIO LEOPOLDINO DE BRITO GUERRA NETO
Interno - 1510735 - DANILO ALVES PINTO NAGEM
Interno - 1422699 - HERTZ WILTON DE CASTRO LINS
Externo ao Programa - 350690 - ANGELO RONCALLI OLIVEIRA GUERRA
Externo à Instituição - JOAO MARCOS TEIXEIRA LACERDA - IFRN
Notícia cadastrada em: 28/09/2018 11:07
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao