Banca de DEFESA: RELLYSON PAULO DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RELLYSON PAULO DE SOUSA
DATA : 29/09/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma Google Meet - meet.google.com/pei-xhme-ftj
TÍTULO:

EFICIÊNCIA DE FILTRAGEM DE PARTÍCULAS EM TECIDOS TÊXTEIS UTILIZADOS EM MÁSCARAS FACIAIS CASEIRAS


PALAVRAS-CHAVES:

Sars-CoV-2, Máscaras, Eficiência de filtragem, Tecidos têxteis


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Este estudo científico tem por finalidade avaliar a eficiência de filtragem de partículas em diferentes materiais têxteis utilizados para produção de máscaras faciais caseiras, e compará-las com as máscaras de proteção facial já existentes no mercado. A eficiência de doze tipos de máscaras de uso não profissional, produzidas a partir de TNT (Tecido Não Tecido) com diferentes gramaturas, tecido e malha 100% algodão, foi avaliada e comparada com as máscaras comerciais 3M/KN95/PFF2/cirúrgicas. As máscaras foram confeccionadas com duplas e triplas camadas de tecido, a fim de analisar o efeito e a adequação de abordagens híbridas de multicamadas para máscaras de confecção caseira, de maneira a estabelecer uma combinação mais eficiente entre os materiais estudados. As amostras produzidas foram caracterizadas via análise de gramaturas e a correlação entre a permeabilidade dos têxteis e o seu poder de retenção de partículas de aerossóis foram avaliados através da absorção de vários tamanhos de esferas de aerossol monodispersas pelo teste de Eficiência de Filtração de Partículas de Sal (EFS). Esses resultados foram comparados com os de referência das máscaras comerciais com filtro de partículas, que atendem ao padrão N95. Para cada tecido analisado, os tipos de substrato, gramatura e quantidade de camadas foram fatores que influenciaram de forma significativa a eficiência de filtração (EF) das partículas de aerossol e podem ser relacionados à proteção contra as partículas transmissoras do vírus SARS-CoV-2. As máscaras de proteção facial caseiras produzidas com tecido tricoline e malha 100% algodão mostraram EF abaixo de 60% para tamanho de partículas de 100 nm. Por outro lado, as máscaras de TNT com diferentes camadas (uma, duas e três camadas) apresentaram EF maiores que 80% em comparação com as máscaras cirúrgicas hospitalares, N95 e PFF2 S (máscara hospitalar PFF2 sem filtro). Sendo assim, as máscaras caseiras conferem menos proteção para a população, mas o seu uso pode prevenir contra a alta transmissibilidade do vírus SARS-CoV-2, causador da doença COVID-19, bem como de outros vírus.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1523912 - TATIANA DE CAMPOS BICUDO
Interno - 2239386 - JOSE IVAN DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 1195339 - FRANCISCO CLAUDIVAN DA SILVA - UFRNExterno à Instituição - BRENNO HENRIQUE SILVA FELIPE
Notícia cadastrada em: 22/09/2022 09:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao