Banca de QUALIFICAÇÃO: MARINALVA FERREIRA TRAJANO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARINALVA FERREIRA TRAJANO
DATA: 17/05/2013
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 4 da Escola de Ciências e Tecnologia - ECT/UFRN
TÍTULO:

ESTUDO TRIBOLÓGICO DE LUBRIFICANTES COM ADIÇÃO DE NANO PARTÍCULAS DE ÓXIDOS (ZINCO E COBRE)


PALAVRAS-CHAVES:

Nanopartículas de óxidos. Biolubrificantes.Tribologia.


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

Atualmente, os óleos vegetais tem sido base de estudo para biolubrificantes que se adeque as novas normas ambientais. Visto que, em um mundo cheio de recursos naturais finitos, os óleos minerais, provenientes do petróleo, trazem consequências ao meio ambiente devido sua baixa biodegradabilidade. Além de que os óleos sintéticos possuem um alto custo para serem obtido em laboratório. Assim, o objetivo deste trabalho é obter um biolubrificante aditivado com nanopartículas de óxido (ZnO e CuO) para uma melhor resistência ao atrito e desgaste, que seja não tóxico ao meio ambiente e possua melhor aderência em regime de lubrificação limite. A metodologia consistiu na síntese dos biolubrificantes (soja e girassol) por reação de epoxidação. Em seguida fez-se análises físico-químicas no biolubrificante, tais como; densidade, acidez,índice de iodo, viscosidade, índice de viscosidade, ponto de fulgor para caracterizar os óleos sintetizados. Posteriormente aditivou-los com as nanopartículas. O desempenho tribológico foi avaliado pelo equipamento HFRR (High FrequencyReciprocatingRig), que consiste num ensaio de desgaste do tipo esfera-plano. A caracterização do desgaste foi realizada através de análises de MEV/EDS. Os resultados mostraram que os biolubrificantes podem ser sintetizados por reação de epoxidação, com boa conversão. Do ponto de vista tribológico, os óleos epoxidados puros são mais eficazes que os aditivados com nanopartículas de óxido, apresentam menores coeficientes de atritos e melhor percentual de formação de filme. Porém, por serem ambientalmente corretos, os biolubrificantes ganham importância relevante no meio tribológico.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADELCI MENEZES DE OLIVEIRA - PETROBRAS
Interno - 347080 - JOAO TELESFORO NOBREGA DE MEDEIROS
Presidente - 1481705 - SALETE MARTINS ALVES
Notícia cadastrada em: 07/05/2013 14:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao