Banca de DEFESA: ADRIANO SILVA BELISIO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANO SILVA BELISIO
DATA: 30/11/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

ANÁLISE ESTATÍSTICA E DO COMPORTAMENTO À FADIGA DE MATERIAIS COMPÓSITOS ATRAVÉS DE RNAS


PALAVRAS-CHAVES:

Predição de vida a Fadiga, Rede modular, Curva S-N de Probabilidade, Equação exponencial, Lei de Potência, Distribuição de Weibull.


PÁGINAS: 134
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

Os materiais produzidos em indústrias são submetidos a vários ensaios de materiais, para garantir segurança e qualidade aos equipamentos, para determinar as propriedades mecânicas de um material é necessário realizar alguns ensaios para determinar a resistência do material a esforços. A partir desses ensaios obtêm-se as curvas S-N que são utilizados para construir os diagramas de fadiga de vida constante. Porém, estes diagramas, quando construídos com pequenas quantidades de curvas S-N, subestimam ou sobrestimam o comportamento real do compósito, verificando a necessidade sempre crescente de se fazer mais ensaios para a obtenção de maior precisão nos resultado aumentando também os custos da pesquisa. Assim, este trabalho foi dividido em duas partes. A primeira consiste no estudo comparativo dos resultados obtidos usando o modelo piecewise nonlinear model (PNL) com os resultados de uma arquitetura rede modular (MN) no modelamento à fadiga. Na segunda parte consistiu em como associar a equação de probabilidade de Weibull às equações comumente utilizadas no modelamento da curva S-N de materiais compósitos, quais sejam, a equação exponencial e a lei de potencia e suas respectivas generalizações. Para a primeira parte do estudo desta tese utilizou-se de uma base de dados com dez materiais compósitos conhecidos pelas siglas: C10, C12, DD16, HTA-913, IM7-977, MAT(0)2, T800-5245, T800H-3631, QQ1 e QQ1T. Já na segunda parte os materiais DD16, IM7-977 e T800-5245. Os resultados obtidos com os modelos MN e PNL foram satisfatórios para o comportamento de compósitos com materiais fibra de vidro, mas com os de fibra de carbono somente a MN mostrou resultados satisfatórios. Já Os resultados da segunda parte, apontam que as curvas S-N de probabilidade baseadas na lei de potência generalizada reproduz melhor o fenômeno físico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Interno - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 1445637 - WALLACE MOREIRA BESSA
Externo à Instituição - MARCO ANTONIO DOS SANTOS - UFCG
Externo à Instituição - WANDERLEY FERREIRA DE AMORIM JÚNIOR - UFCG
Notícia cadastrada em: 22/11/2012 11:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao