Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILA CRUZ DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILA CRUZ DA SILVA
DATA: 28/06/2012
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

INLUÊNCIA DO ALTO TEOR UMIDADE NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DOS COMPÓSITOS POLIMÉRICOS HÍBRIDOS (SISAL/ VIDRO)


PALAVRAS-CHAVES:

Materiais Compósitos, Fibras de Sisal, Hibridização e Propriedades Mecânica.


PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

A procura de novos materiais que não poluam o meio ambiente é alvo de pesquisas por todo o mundo. Dentro destas pesquisas encontram-se os materiais compósitos reforçados com fibras naturais. Esse tipo de reforço quando comparado ao reforço sintético apresenta  baixo custo, baixa densidade, boa tenacidade, boas propriedades térmicas, uso reduzido de instrumentos para seu processamento,  são provenientes de fontes renováveis, são materiais ecologicamente correto  além de desenvolverem as regiões onde são produzidos.  Sendo que um dos grandes problemas ao se utilizar este tipo de reforço é a sua baixa resistência mecânica quando comparado com os reforços sintéticos, como por exemplo, a fibra de vidro.  Diante deste problema surgue dentro dos materiais compósitos os compósitos híbridos que são materiais que possuem dois ou mais tipos de reforços em sua estrutura podendo estes serem ambos sintéticos, naturais ou uma “mistura” entre os sintéticos e os naturais. Diante do contexto acima este trabalho tem como objetivo o estudo das propriedades mecânicas de dois materiais compósitos. Um laminado compósito de matriz de poliéster insaturado ortoftalico reforçado com cinco camadas de mantas de fibras curtas de fibras de vidro-E (MV) outro, laminado de matriz de poliéster insaturado ortoftalica reforçado com três camadas de mantas de fibras curtas de vidro (HVS), intercaladas por duas camadas de tecidos bidirecional de fibras de sisal. O estudo dessas propriedades inclui a influência do alto teor de umidade em diferentes fluidos, tanto para os materiais ensaiados à tração e a flexão em três pontos. Ambos os laminados foram fabricados pelo método de laminação manual (Hand  lay – up) em uma indústria contendo ambos cinco camadas de reforços. A manta de fibras de fibras curtas de vidro-E foi fornecida pela indústria e os tecidos bidirecionais de sisal foram confeccionados em um tear manual pelo autor deste trabalho. Após a realização dos estudos foi comprovado as boas características mecânicas da fibra de sisal na utilização dos compósitos poliméricos, a boa influência da hibridização nas propriedades mecânicas dos materiais compósitos e realizado o estudo de mecânismo de dano em ambos os materiais estudados neste trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 5220696 - LUIZ CLAUDIO FERREIRA DA SILVA
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Interno - 6346998 - RASIAH LADCHUMANANANDASIVAM
Notícia cadastrada em: 18/06/2012 14:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao