Banca de DEFESA: LAURENIA MARTINS PEREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LAURENIA MARTINS PEREIRA
DATA: 08/05/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Sala A9 do Setor de Aulas IV - UFRN
TÍTULO:

SÍNTESE CITRATO-HIDROTERMAL E CARACTERIZAÇÃO ELETROQUÍMICA DE LSCF PARA APLICAÇÃO COMO CATODO EM CÉLULA A COMBUSTÍVEL DE TEMPERATURA INTERMEDIÁRIA


PALAVRAS-CHAVES:

LSCF, catodo, citrato-hidrotermal, espectroscopia de impedância, célula a combustível de óxido sólido.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

A cobaltita de lantânio dopada com estrôncio e ferro (La1-xSrxCo1-yFeyO3 LSCF)é comumente o material mais utilizado para aplicação como catodo em célula a combustível de óxido sólido, principalmente devido a sua elevada condutividade mista iônica e eletrônica entre 600 e 800ºC. Neste trabalho, pós de LSCF de diferentes composições foram sintetizados via uma combinação entre os métodos citrato e hidrotermal. Os pós como obtidos foram calcinados entre 700 e 900 ºC e caracterizados por fluorescência de raios-X, difratometria de raios-X, análises térmicas, distribuição de tamanho de partícula, adsorção gasosa (BET) e microscopia eletrônica de varredura. Filmes de composição La0,6Sr0,4Co0,2Fe0,8O3 (LSCF6428) foram obtidos por serigrafia de pós calcinados a 900°C. Os filmes foram depositados sobre substratos de céria dopada com gadolínia (CGO) e então sinterizados entre 1150 e 1200°C. Os efeitos do patamar de sinterização na microestrutura e no desempenho eletroquímico dos eletrodos foram avaliados por microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de impedância. A resistência específica por área apresentou forte relação com a microestrutura dos eletrodos. O melhor desempenho eletroquímico (0,18 ohm.cm2 a 800°C) foi obtido para o catodo sinterizado a 1200°C por 2 horas. A atividade eletroquímica pode ainda ser melhorada mediante ativação superficial por impregnação com PrOx, neste caso a resistência específica por área do eletrodo diminui para valores tão baixos como 0,12 ohm.cm2 (800°C), 0,17 ohm.cm2 (750°C) e 0,31 ohm.cm2 (700°C). Os resultados obtidos indicam que o método citrato-hidrotermal é adequado para a preparação de particulados de LSCF com potencial aplicação como catodo em células a combustível de óxido sólido de temperatura intermediária (600-800°C).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Interno - 1300987 - CARLOS ALBERTO PASKOCIMAS
Externo ao Programa - 1802888 - FABIANA VILLELA DA MOTTA
Externo à Instituição - ADRIANO ALVES RABELO - UFPA
Notícia cadastrada em: 04/05/2012 14:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao