Banca de QUALIFICAÇÃO: MANOEL LEONEL DE OLIVEIRA NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MANOEL LEONEL DE OLIVEIRA NETO
DATA: 29/09/2011
HORA: 16:00
LOCAL: Sala 4 da Escola de Ciências e Tecnologia - ECT/UFRN
TÍTULO:

EFEITO DA ADIÇÃO DE RESÍDUO SÓLIDO SOBRE AS PROPRIEDADES TERMOFÍSICAS DE UM POLIURETANO DERIVADO DE ÓLEO VEGETAL


PALAVRAS-CHAVES:

Resíduo de gesso; poliuretano de mamona; Propriedades termofísicas;  Meio Ambiente.


PÁGINAS: 92
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

Durante a execução de obras na construção civil, seja por desperdício em revestimentos  de paredes ou na demolição de paredes de gesso acartonado, o desperdício de gesso e a produção do resíduo de gesso implica em preocupações ambientais provocadas pela alta demanda do gesso no setor e a falta de um destino adequado ao subproduto produzido. Procurando uma alternativa que atenue a problemática, muitas pesquisas têm sido feitas utilizando o resíduo de gesso como cargas em compósitos com o intuito de melhorar o seus desempenhos acústico, térmico e mecânico. Por outro lado, através de ensaios empíricos, observou-se que a água de cristalização contida no resíduo (CaSO4.2H2O) poderia atuar como agente no processo de expansão de espumas de poliuretano. Neste sentido, a presente pesquisa consiste em uma análise do comportamento térmico e mecânico de um compósito de espuma de poliuretano derivado do óleo da semente de mamona, um polímero biodegradável e reconhecidamente, uma alternativa aos polímeros sintéticos derivados do petróleo,  com cargas de 4%, 8%, 12% e 16% de resíduo de gesso em substituição à mistura Poliol + Pré-polímero. Contribuíram para esta análise: uma caracterização da matéria prima através de análise de espectroscopia de absorção na região do infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), análise química por FRX e mineral por DRX e uma análise termogravimétrica (TG e DTA). Afim de avaliar o comportamento térmico dos compósitos produzidos em molde fechado por expansão contida, além das análises citadas, foram realizados os ensaios: determinação do percentual de poros abertos em picnômetro a gás e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Mediante a análise dos resultados obtidos, constatou-se que é possível a produção de um novo material que com poucas alterações nas suas propriedades térmicas e no seu desempenho térmico, promove alterações significativas e atraentes ao meio ambiente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1235107 - GEORGE SANTOS MARINHO
Externo ao Programa - 277076 - OTONIEL MARCELINO DE MEDEIROS
Externo à Instituição - ROBERTO SILVA DE SOUZA - IFRN
Notícia cadastrada em: 29/09/2011 10:16
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao