Banca de QUALIFICAÇÃO: EDILBERTO VITORINO DE BORJA - (Retificação)

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: EDILBERTO VITORINO DE BORJA

DATA: 20/12/2010

HORA: 09:00

LOCAL: Sala 4I6 do Setor de Aulas IV

TÍTULO:

EFEITO DA ADIÇÃO DE ARGILA EXPANDIDA E ADIÇÕES MINERAIS NA FORMULAÇÃO DE CONCRETOS LEVES ESTRUTURAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Concreto estrutural leve, concreto estrutural leve autoadensável, permeabilidade, argila expandida, metacaulim, cinza de biomassa de cana-de-açúcar.


PÁGINAS: 200

GRANDE ÁREA: Engenharias

ÁREA: Engenharia Mecânica

RESUMO:

A formulação e conhecimento do comportamento de concretos estruturais leves e concretos estruturais leves autoadensáveis, com o uso de argilas expandidas, metacaulim e cinza de biomassa de cana-de-açúcar representam uma contribuição ao conhecimento e incentivo de seu uso em aplicações na indústria da Construção Civil. Neste trabalho foram desenvolvidos e caracterizados concretos estruturais leves a partir de traços elaborados com duas graduações distintas de argila expandida e concretos estruturais leves autoadensáveis associados à inclusão de aditivos plastificantes/superplastificantes e adições minerais de metacaulim e cinza de biomassa de cana-de-açúcar. Buscou-se aliar a baixa massa específica e resistência estrutural do concreto leve à reologia dos concretos autoadensáveis proporcionando benefícios significativos nas propriedades mecânicas e de durabilidade das formulações estudadas. Assim, três formulações iniciais de concretos estruturais leves foram produzidas com argila expandida e avaliadas segundo sua massa específica, resistência à compressão axial e permeabilidade a gás nitrogênio. Ao traço de melhor desempenho, foram feitas adaptações na sua composição de forma a torná-lo autoadensável através de caracterizações reológicas segundo ensaios tradicionais e de uso consagrado, juntamente com mais quatro formulações, com inclusão de adições minerais e manutenção das características reológicas iniciais. As propriedades analisadas nas duas etapas da pesquisa serviram como fundamentação na qualificação dos concretos, atendendo as exigências técnicas nacionais e internacionais para sua utilização, principalmente com as adições minerais inseridas na sua composição. A inclusão das adições minerais em substituição parcial do cimento, nos concretos estruturais leves autoadensáveis, demonstrou atividade pozolânica e manutenção das propriedades mecânicas através do efeito filler, apresentando redução de até 76% da permeabilidade a gás nitrogênio na mistura com 20% de cinza de biomassa em substituição parcial do cimento na sua composição.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA CECILIA VIEIRA DA NOBREGA - UFPE
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Externo ao Programa - 347420 - MARCUS ANTONIO DE FREITAS MELO
Externo ao Programa - 1507841 - MARIA DAS VITORIAS VIEIRA ALMEIDA DE SA
Notícia cadastrada em: 17/12/2010 18:14
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao