Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAEL BEZERRA AZEVEDO MENDES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAFAEL BEZERRA AZEVEDO MENDES
DATA : 18/10/2018
HORA: 08:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

EFEITO TECIMENTO DO ARCO ELÉTRICO (TRIANGULAR E TRAPEZOIDAL) SOBRE A RESISTENCIA À ABRASÃO DE REVESTIMENTOS ANTIDESGASTE


PALAVRAS-CHAVES:

Norma ASTM G65, técnica de tecimento, setor sucroalcooleiro, desgaste abrasivo, revestimento duro


PÁGINAS: 73
RESUMO:

Resumo

 

Para a indústria do setor sucroalcooleiro, uma de suas principais preocupações está diretamente relacionada ao desgaste prematuro dos seus equipamentos. Com isso, o planejamento adequado de paradas preventivas de manutenção é uma forma de controlar o mecanismo de degradação que ocorre no processo de moagem da cana-de-açúcar. Neste caso, um meio de aumentar a vida em serviço dos componentes da moenda (camisa, martelos, desfibradores, outros) é pela aplicação de depósitos soldados especialmente resistentes à abrasão, também conhecidas como revestimento duro. No trabalho, as amostras contendo a camada de revestimento foram confeccionadas por soldagem a arco elétrico, com uma e duas camadas contendo três cordões e sobreposição de 50% entre cordões, os metais de adição utilizados foram dois arames tubulares auto-protegidos, com 1,6 mm de diâmetro, o primeiro arame tubular de liga FeCrC+Nb e o segundo FeCrC+Ti e como material de base foi empregado o aço ASTM A36. Na avaliação do efeito do tecimento sobre a resistência do depósito, foram executadas movimentações triangular e trapezoidal, e a soldagem sem oscilações. Para a quantificação e análise da morfologia, dureza e resistência a abrasão dos revestimentos, foi utilizado um tribômetro, segundo a Norma ASTM G65, durômetro com escala Rockwell C e o programa ImageJ®. Os resultados demonstraram variações na formação de trincas, sendo que as soldagens realizadas com oscilações geraram menos trincas na segunda camada de revestimento, a dureza variou com o tipo do material e a liga formada pelo arame tubular FeCrC+Ti obteve um valor da dureza superior ao FeCrC+Nb, porém nos testes de abrasão a liga que mais resistiu foi a com adição de nióbio e utilizando o efeito de tecimento trapezoidal durante a soldagem.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 2414250 - MEYSAM MASHHADIKARIMI
Externo ao Programa - 1938946 - NICOLAU APOENA CASTRO
Notícia cadastrada em: 08/10/2018 09:31
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao