Banca de DEFESA: RAYANE DANTAS DA CUNHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAYANE DANTAS DA CUNHA
DATA : 27/07/2018
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 414 do CTEC - UFRN
TÍTULO:

ESTUDO DO GRADIENTE DE RESISTÊNCIA EM COMPÓSITO DE MECHA HÍBRIDA KEVLAR/VIDRO APÓS IMPACTO DE BAIXA VELOCIDADE


PALAVRAS-CHAVES:

Impacto drop-test; Resistência Residual; Tecido Híbrido; Vidro-E; Kevlar-49.


PÁGINAS: 92
RESUMO:

O crescente desenvolvimento de materiais compósitos nos últimos anos tem propiciado novas alternativas para solucionar diversos problemas acerca da necessidade de novos materiais. Esses materiais possuem uma alta eficiência estrutural, mas que é comprometida quando submetida a cargas de impacto. Dentre os impactos, o de baixa velocidade é considerado uma solicitação perigosa, pois são impactos mais comum de ocorrer e que provocam danos que nem sempre são visíveis à olho nu, afetando a resistência residual da estrutura. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo fazer uma análise da resistência residual à flexão em três pontos, bem como avaliar a presença do tipo de tecido de mecha híbrida de um laminado compósito de matriz polimérica estér-vinílica reforçado com 11 camadas. Sendo esse composto de 3 camadas do tecido de mecha híbrida vidro/kevlar (uma no meio e duas nas extremidades) e entre essas, 8 camadas de fibra de Vidro-E, sujeito a impactos de baixa velocidade (Drop Test). Os testes de impacto foram realizados utilizando duas energias de impacto (61 J e 76 J) até a perfuração completa dos corpos de prova. Depois dos testes de impacto, realizou-se o teste de flexão de três pontos. Os resultados desses testes mostraram que para ambas as energias a medida que se distancia da borda do impactador a resistência e a rigidez de flexão foram pouco alteradas. Além disso estudos comparativos da influência do tipo da hibridização se fazem necessários, para tanto, os estudos realizados em um outro laminado compósito semelhante e existente na literatura, nessa análise comparativa envolveu os resultados de absorção de energia de impacto, bem como a caraterística do dano causado pelo impacto. Ao término das análises, foi observado que a utilização do tecido de mecha hibrida, influenciou diretamente nos resultados,com ganho na absorção de energia de impacto e redução da área de dano.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CAMILLA DE MEDEIROS DANTAS AZEVÊDO - NENHUMA
Externo ao Programa - 1064594 - EVANS PAIVA DA COSTA FERREIRA
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Externo à Instituição - WANDERLEY FERREIRA DE AMORIM JÚNIOR - UFCG
Notícia cadastrada em: 26/06/2018 13:39
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao