Banca de QUALIFICAÇÃO: RAYANE DANTAS DA CUNHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAYANE DANTAS DA CUNHA
DATA : 05/06/2018
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 414 do CTEC - UFRN
TÍTULO:

ESTUDO DO GRADIENTE DE RESISTÊNCIA EM COMPÓSITO DE MECHA HÍBRIDA VIDRO/KEVLAR APÓS IMPACTO DE BAIXA VELOCIDADE


PALAVRAS-CHAVES:

Impacto drop-test; Resistência Residual; Tecido Híbrido; Vidro-E; Kevlar-49


PÁGINAS: 91
RESUMO:

Os materiais compósitos possuem excelentes propriedades mecânicas combinadas com baixa densidade, entretanto são suscetíveis à danos sob impactos. Dentre os impactos, o de baixa velocidade é considerado a solicitação mais comum, quando se leva em consideração situações típicas de utilização estrutural, por exemplo, ferramentas derrubadas durante operações de manutenção de uma estrutura. Assim o comportamento de impacto de compósitos laminados tem sido uma importante área de pesquisa nos últimos tempos. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo fazer uma análise a resistência residual à flexão em três, bem como avaliar a presença do tipo de tecido de mecha híbrida de um laminado compósito de matriz polimérica estér-vinílica reforçada com 11 camadas, sendo 3 camadas do tecido de mecha híbrida vidro/kevlar (uma no meio e duas nas extremidades) e entre essas, 8 camadas de fibra de Vidro-E, sujeito a impactos de baixa velocidade (Drop Test). Os testes de impacto foram realizados utilizando diferentes energias de impacto (61 J e 76 J) até a perfuração completa dos corpos de prova. Depois dos testes de impacto, realizou-se o teste de flexão de três pontos. Os resultados desses testes mostraram que para ambas as energias a medida que se distancia da borda do impactor a resistência e a rigidez de flexão foram pouco alteradas. Além disso estudos comparativos da influência do tipo da hibridização se fazem necessários, para tanto, os estudos realizados em um outro laminado compósito semelhante e existente na literatura, nessa análise comparativa envovleu os resultados de absorção de energia de impacto bem como a caraterística do dano causado sob as variadas energias de impacto. Ao término das análises, foi observado que o tecido de mecha hibrida utilizado, influenciou diretamente nos resultados, com ganho na absorção de energia de impacto e área de dano reduzida.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CAMILLA DE MEDEIROS DANTAS AZEVÊDO - NENHUMA
Externo ao Programa - 1064594 - EVANS PAIVA DA COSTA FERREIRA
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Notícia cadastrada em: 22/05/2018 19:32
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao