Banca de QUALIFICAÇÃO: JOELTON FONSECA BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOELTON FONSECA BARBOSA
DATA : 25/01/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 414 do CTEC – UFRN
TÍTULO:

DESEMPENHO DAS CURVAS S-N PROBABILÍSTICAS UTILIZANDO UM NOVO MÉTODO DE ESTIMAÇÃO DOS PARÂMETROS DA DISTRIBUIÇÃO DE WEIBULL


PALAVRAS-CHAVES:

Compósitos; fadiga; falha; probabilidade; curva P-S-N; confiabilidade.


PÁGINAS: 85
RESUMO:

Uma série fenômenos de falhas acorrem de forma aleatória e interativa, tornando os dados de vida à fadiga dispersos e de grande complexidade, isso ocasiona a utilização de fatores de segurança elevados na engenharia de projetos, e consequentemente um aumento dos custos de fabricação. Para compreender a natureza estocástica da vida à fadiga dos materiais compósitos, utilizasse modelos de curvas S-N probabilísticas, fundamentadas na distribuição de Weibull para representar o comportamento aleatório. Explicar o comportamento à fadiga, através de abordagens estocásticas necessita de um elevado conjunto de dados ou métodos que gerem boa estimativas com poucas amostras, fazendo com que a pesquisa por um modelo mais eficiente e capaz de explicar a vida útil com confiabilidade, seja um problema em aberto. O propósito deste trabalho é desenvolver curvas P-S-N confiáveis utilizando um novo método do weighted least squares para amostras pequenas, fundamentadas nos princípios estatísticos utilizados por Whitney, para equações determinísticas logistic sigmoide, exponencial, power law e power law restrito, e compará-las com o modelo de wear-out do Sendeckyj que possui uma multiinclinação. Será realizado uma ampla comparação do desempenho dessas curvas geradas para os materiais DD16, IM7/977, T800/5245, T700-PW e 7781-8HS, em quatro regiões de carregamento (tensão, tensão-compressão, compressão-tensão, compressão), para probabilidades de falhas de 1%, 5% e 10%. Os resultados indicam que as curvas S-N probabilísticas baseadas na lei de poder generalizada reproduzem o fenômeno físico de uma maneira melhor, quando existe poucos dados experimentais, já quando se possui um conjunto de dados maior que 45 o modelo do Sendeckyj é capaz de representar esse comportamento mais confiável para diferentes níveis de confiabilidade.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 434906 - AVELINO MANUEL DA SILVA DIAS
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Interno - 1445637 - WALLACE MOREIRA BESSA
Notícia cadastrada em: 12/12/2017 15:52
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao