Banca de DEFESA: FRANCIELIO GOMES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCIELIO GOMES DA SILVA
DATA : 15/09/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 414 do CTEC - UFRN
TÍTULO:

ESTUDO DA CONCENTRAÇÃO DE TENSÃO DOS LAMINADOS SANDUÍCHES À FLEXÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Materiais Compósitos Sanduíches, Concentração de Tensão, Ensaio de Flexão.


PÁGINAS: 112
RESUMO:

Esse trabalho consiste no estudo do comportamento das propriedades mecânicas do compósito laminado sanduíche com núcleo de honeycomb, submetido à flexão em 4 pontos, fabricado pela indústria aeronáutica. O mesmo tem como principais objetivos a análise da concentração de tensão e um estudo detalhado dos modelos e critérios de falha que ocorre nesses materiais. De acordo com normas ASTM, confeccionou-se corpos de prova sem furo LS e com furo LSF circular concêntrico. Este estudo foi realizado em diversos laminados compósitos sanduíches com diferentes dimensões de largura e diâmetro do furo. Para o estudo de concentração de tensão efetuou-se o comparativo entre os modelos teórico como o Critério da Tensão Média (Average Stress Criterion - ASC), o Critério da Tensão Pontual (Point Stress Criterion - PSC), o modelo de falha inerente, (Inherent flaw model - IFM) e o Critério de Tensão Máxima (Maximum Stress criterion - MSC) em conjunto com os dados experimentais e os resultados de simulação matemática pelo Método dos Elementos Finitos (MEF). Além disso, foram também desenvolvidas técnicas de análise, já consagradas na literatura, para determinação das propriedades mecânicas residuais devido a influência do furo, com o objetivo de produzir um modelo de falha que defina o comportamento do material sob ação da concentração de tensão. Todos os comparativos foram feitos com o intuito de se obter uma boa previsibilidade entre os dados experimentais com os modelos propostos e os resultados numéricos. Já a análise da concentração de tensão em torno do furo foi realizada pelo monitoramento da tensão média dos extensômetros submetido até a tensão máxima de flexão. A modificação dos métodos PSC, ASC e IFM, a partir dos resultados experimentais do LSF, é algo que foi verificado com exclusividade neste trabalho, onde traz uma metodologia nova para a área de concentração de tensões em compósitos. A partir dos dados experimentais e da micromecânica, dos resultados analítico e matemáticos (MEF) gerou-se curvas de concentração de tensão em torno do furo. Quando D/W era superior a 0,3 os valores analíticos começaram a apresentar concentração de tensões superior ao valor obtido experimentalmente, como no caso das amostras W90D32 e W90D38.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 434906 - AVELINO MANUEL DA SILVA DIAS
Externo à Instituição - EDVAN MOREIRA - UEMA
Externo à Instituição - MAXYMME MENDES DE MELO - IFRN
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Interno - 1230149 - SELMA HISSAE SHIMURA DA NOBREGA
Externo à Instituição - SERGIO RENAN LOPES TINO - IFGO
Notícia cadastrada em: 25/08/2017 21:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao