Banca de DEFESA: ELISÂNGELA BEZERRA DAS NEVES HOLANDA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELISÂNGELA BEZERRA DAS NEVES HOLANDA
DATA : 14/08/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

NANOTUBOS DE CARBONO FUNCIONALIZADOS E IMOBILIZADOS EM FIBRAS TEXTEIS: AVALIAÇÃO DA CITOTOXICIDADE, ADESÃO CELULAR E POTENCIAL APLICAÇÃO BIOMÉDICA


PALAVRAS-CHAVES:

Nanotubos de carbono. Fibras Têxteis. Colágeno. Citotoxicidade. Adesão celular.


PÁGINAS: 140
RESUMO:

Os nanotubos de carbono de multicamadas (MWCNT) incorporados à materiais de origem proteicas podem contribuir para o surgimento de interessantes biomateriais compósitos com grande potencial de aplicações biológicas. Os MWCNT são promissores vetores de DNA em células e embriões de seres vivos. Porém, o desencadeamento do seu uso na área biomédica está relacionado à padronização de sistemas e protocolos para avaliar os potenciais impactos na saúde humana e no meio ambiente. O objetivo geral deste estudo foi avaliar o efeito da funcionalização, a citotoxicidade e a adesão celular dos nanotubos de carbono na sua forma comercial e modificados por diferentes processos em células macrófagos (J774 e RAW). Nesta pesquisa, inicialmente foram realizados diferentes processos de funcionalização nos MWCNT visando a inserção de grupos funcionais e possível compatibilidade com biopolímeros. Após a funcionalização os MWCNT foram caracterizados por diferentes técnicas e realizados os ensaios de citotoxidade e a eletroanálise. Os biopolímeros utilizados para a funcionalização do substrato têxtil da proteína da soja foram o colágeno extraído da pele da tilápia e o colágeno comercial. Os substratos têxtis foram funcionalizados através do processo Dip coating e em seguida, foram incorporados os nanotubos de carbono pelo mesmo processo. Os resultados obtidos através das análises do processo de funcionalização dos MWCNT revelaram que as amostras funcionalizadas com a quitosana tende a aumentar o diâmetro do tubo devido a formação de uma monocamada polimérica em sua superfície e que os melhores resultados de oxidação foram para as amostras que passaram pelo processo de funcionalização ácida e funcionalização ácida com quitosana. Os resultados obtidos pela Espectroscopia Raman comprovaram que o processo de funcionalização foi realizado com êxito, possibilitando a inserção de grupos funcionais sobre os nanotubos. A eletroanálise nos nanotubos mostraram que os maiores valores da capacitância por massa e por área foram para as amostras funcionalizadas com ácidos e que a adição da quitosana durante a funcionalização aumenta a resistência à passagem da corrente, além de provocar um efeito isolante. Os ensaios de citotoxidade dos MWCNT realizadas em macrófagos nas concentrações de 100, 75, 50, 25 e 5 µg/mL demonstraram um percentual em torno de 95% de viabilidade celular para as amostras funcionalizadas com ácido e quitosana para todas as concentrações. A observação visual do efeito da funcionalização do substrato têxtil com o colágeno indicou que o tipo e a origem da proteína interferem no efeito da impregnação dos nanotubos de carbono. Em conclusão, as exposições de macrófagos a baixas concentrações de MWCNT funcionalizados não causaram impacto na viabilidade celular, o que abre as possibilidades de diversos estudos para potencializar aplicações na área biológica.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDREA LIMA DE SA - UES - RN
Externo ao Programa - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Externo à Instituição - ELAINE CRISTINA MARTINS DE MOURA SANTOS - NENHUMA
Externo ao Programa - 1150673 - IRIS OLIVEIRA DA SILVA
Externo ao Programa - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 2614285 - KESIA KARINA DE OLIVEIRA SOUTO SILVA
Presidente - 6346998 - RASIAH LADCHUMANANANDASIVAM
Notícia cadastrada em: 13/08/2017 22:16
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao