Banca de QUALIFICAÇÃO: RUI CARLOS DE SOUSA MOTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RUI CARLOS DE SOUSA MOTA
DATA : 25/04/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Laboratório de Mecânica do Fluidos - NTI/UFRN
TÍTULO:

PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MECÂNICA E TÉRMICA DE UM COMPÓSITO A BASE DE RESINA CRISTAL UTILIZANDO O EXOCARPO DE LICURI FRAGMENTADO COMO CARGA ESTRUTURAL


PALAVRAS-CHAVES:

Licuri, Eco designer, Compósito polimérico, Sustentabilidade, Materiais de engenharia.


PÁGINAS: 113
RESUMO:

Buscando a melhoria e otimização dos processos produtivos, pesquisadores dos mais diversos segmentos buscam apresentar soluções que venham a diminuir custos operacionais diminuindo a utilização de matéria prima na fabricação de bens em geral. A utilização de resíduo, de origem vegetal e industrial atende ao apelo da sustentabilidade e agregar renda aos agricultores familiares e de baixa renda. Este trabalho tem como finalidade estudar o aproveitamento do exocarpo da fruta do licurizeiro (Syagro Coronata), palmeira nativa do semiárido baiano e chamada também de nicuri, licuri, Ouricuri etc. Coco pequeno que tem sua principal utilização na culinária com o aproveitamento da amêndoa para fabricação de doces, cocadas, bolos, trufas, licores, sorvetes, barras de cereais; e do leite para moquecas em geral. Suas folhas além de servir como alimentação para o gado em tempos de seca é utilizadas no artesanato para fabricação de chapéus, bolsas, peneiras entre outros. O governo da Bahia vem incentivando a cultura desta Palmeira e o objetivo deste trabalho é contribuir para a ampliação da cadeia produtiva, agregando renda ao pequeno produtor e ao agricultor familiar, principalmente. Para tanto buscamos caracterizar o referido resíduo que hoje não possui nenhuma utilidade para os agricultores, que após a cominuição pelo processo de impacto (pilão manual) e moagem em um moinho de facas com telas de 1,0mm e de passar pelo processo de peneiramento para separar as partículas com tamanhos entre 0,0085 e 0,0074mm que é o foco deste trabalho e foi caracterizado para melhor conhecer suas propriedades (MEV, DRX, TG e densidade volumétrica), este particulado foi  utilizado como carga em um compósito polimérico tendo como matriz a resina ortoftalica pré acelerada cristal , em quatro proporções em massa , 10 ; 20; 30 e 40 % que foram comparadas com a resina pura  e que depois foi caracterizados ( MEV , DRX, TG, Condutividade térmica , densidade volumétrica , impacto , absorção de água , tração e flexão em três pontos ), para tanto foram fabricadas placas com as dimensão de 400 x 300 x 8 mm e cortado os corpos de provas  de acordo com as normas vigentes, a mistura foi homogeneizada com  a utilização de uma batedeira domestica por dez minutos a uma rotação de 720 rpm e depois despejada na forma de granito e deixado curar por oito horas e uma pós cura de mais oito horas , depois foi cortado os corpos de prova nas dimensões normatizadas e lixadas e polidas para que não houvesse a menor interferência possíveis nos resultados.          Ficou demostrado que a formulação com adição de 20% de resíduo apresentou no geral uma melhor performance para utilização estrutural que não seja solicitado grandes cargas ou solicitações mecânicas, assim como um melhor acabamento para utilização em eco designer.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALINE CRISTINA MENDES DE FARIAS - F.M.Nassau
Presidente - 348080 - JOSE UBIRAGI DE LIMA MENDES
Externo à Instituição - MARIA KALIONARA DE FREITAS MOTA - MEC
Externo à Instituição - NATANAEYFLE RANDEMBERG GOMES DOS SANTOS - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 03/04/2017 17:23
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao