Banca de QUALIFICAÇÃO: LEANDRO LUIZ DA SILVA PEREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEANDRO LUIZ DA SILVA PEREIRA
DATA : 02/12/2016
HORA: 08:00
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE CONJUNTOS MOTOBOMBAS SUBMERSAS COM DIFERENTES ACIONAMENTOS ELÉTRICOS A PARTIR DA METODOLOGIA DE RODA DE FALHAS: UM ESTUDO DE CASO EM POÇOS VOLTADOS PARA O ABASTECIMENTO D’ÁGUA


PALAVRAS-CHAVES:

CMBS; Poço; Parâmetros operacionais; Roda de falhas; Manutenção preditiva; Confiabilidade.


PÁGINAS: 134
RESUMO:

Evitar falhas é uma medida extremamente necessária quando se gerencia sistemas de produção e distribuição de água com 95% das redes pressurizadas diretamente por poços. Baseado nas frequentes faltas de água em 2015, registradas pela unidade de operação e manutenção da CAERN de Parnamirim/RN, destacam-se os danos causados por sobreaquecimento e outros distúrbios de natureza elétrica que levam a falhas nas instalações de Conjuntos Motobombas Submersas (CMBS). Nesse escopo, este trabalho foi dedicado a realizar um estudo de caso sobre as instalações de quatro CMBS dos poços 34, 23, 31 e 63, com diferentes acionamentos elétricos, utilizando Roda de falhas (Failure wheel) numa análise preditiva elétrica e termográfica, para inferir sobre o nível de confiabilidade e custo de manutenção na concessionária de abastecimento d’água. Para subsidiar as análises foram inspecionados itens importantes das referidas instalações, como disjuntores, contactores, soft-starter e inversor de frequência, observando suas relações de conformidade com as especificações dos CMBS. Dessa forma, foram efetuadas medições de parâmetros elétricos e térmicos de operação, incluindo variáveis de estresse para auxiliar no diagnóstico e estimar os desempenhos dos CMBS. A avaliação foi conduzida por ficha de inspeção de parâmetros operacionais, checklist e pela Roda de Falhas em discussão, que permitiram diagnósticos sobre os dados das inspeções e do histórico de falhas recorrentes. Nesse sentido, foi elaborado um perfil de Roda de falhas, sistematizando os mecanismos de danos associados às instalações dos CMBS, o qual demonstrou viabilidade nos prognósticos de falhas em curso nos equipamentos, configurando-se como uma ferramenta útil no suporte à manutenção e melhoria da confiabilidade desses sistemas. Comparando o consumo específico de energia entre os poços, o poço com acionamento por inversor de frequência foi o que obteve melhor rendimento, oferecendo maior eficiência energética para bombeio d’água, como esperado. O mesmo demonstrou melhor equilíbrio da carga na produção, e risco reduzido de falhas típicas em relação aos sistemas analisados, tendo em vista o menor nível térmico em operação apresentado nas termografias. Conclui-se, portanto, que seu nível de confiabilidade foi o maior. Ao reduzir as intercorrências, causadas por paradas indesejáveis e perdas de produtividade nos poços, desonera-se a elevação dos custos com manutenção e energia elétrica, além de trocas prematuras de equipamentos. As vantagens da aplicação sistemática da proposta, aliada a uma política de manutenção planejada, apontam para uma redução de falhas sobre os itens envolvidos. Como resultado da pesquisa obteve-se uma metodologia de acompanhamento preditivo, visando ações de manutenção antes da falha catastrófica sobre itens em percurso de danos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 349577 - CLEITON RUBENS FORMIGA BARBOSA
Presidente - 348122 - FRANCISCO DE ASSIS OLIVEIRA FONTES
Externo ao Programa - 347936 - LUCIO ANGELO DE OLIVEIRA FONTES
Notícia cadastrada em: 01/12/2016 16:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao