Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA ALVES RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDA ALVES RIBEIRO
DATA : 29/09/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Laboratório de Mecânica dos Fluidos - NTI/UFRN
TÍTULO:

APLICAÇÃO DE TECIDO PET COMO REFORÇO DE COMPÓSITO POLIMÉRICO


PALAVRAS-CHAVES:

Tecido pet; compósito polimérico; epóxi.


PÁGINAS: 112
RESUMO:

O consumo esmagador de Polietileno tereftalado grau garrafa (PET) constitui capítulo à parte
entre as resinas produzidas no Brasil. Embora o país consiga reciclar mais da metade da
produção de PET, ainda é muito elevado o volume deste material em forma de garrafas.
Salientando que, apesar do benefício da resina PET poder ser utilizada em inúmeras aplicações
(abrigos, aerofólios, artigos esportivos, barcos, banheiras, entre outras) e sob diversos
processos (laminação manual, spray up, enrolamento filamentar, pultrusão, prensagem a frio e
prensagem a quente), é necessário que existam alternativas de seu reuso além desta via de
reciclagem. Nesta vertente, o objetivo da pesquisa foi avaliar a aplicação do tecido de pet,
oriundo do processo de reciclagem das garrafas, como reforço de compósitos poliméricos.
Para tanto, na metodologia utilizada, após a preliminar caracterização do tecido de pet via
ensaios têxteis (Definição; Determinação de gramatura; Resistência à propagação ao rasgo;
Resistência à tração e alongamento), confeccionou-se laminados compósitos poliméricos com
matriz epóxi e diferentes frações de tecido (45%, 90%) para a verificação e análise de suas
principais propriedades físicas, mecânicas e térmicas. Os seguintes ensaios foram realizados
nos corpos de prova de laminado compósito: Densidade; Absorção de água; Teor de umidade;
Tração uniaxial; Flexão três pontos; Compressão; Impacto; Dureza; TG; DMA; Condutividade
Térmica e Análise de fratura. A análise dos resultados demonstrou uma ampla faixa de valores
para aplicação do compósito tecido pet-epóxi; de modo que, a utilização do tecido de pet, nas
proporções sugeridas, como reforço de compósito polimérico evidencia aspectos atraentes
para iniciativas empresariais do setor, com reflexos sócio-econômicos diretamente
relacionados com a melhoria da qualidade de vida da população, geração de renda, economia
de recursos naturais e atenuação de problemas ambientais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DORGIVAL ALBERTINO DA SILVA JÚNIOR - UFERSA
Presidente - 348080 - JOSE UBIRAGI DE LIMA MENDES
Interno - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Externo ao Programa - 2322134 - MOISÉS VIEIRA DE MELO
Externo à Instituição - NATANAEYFLE RANDEMBERG GOMES DOS SANTOS - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 27/09/2016 15:27
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao