Banca de QUALIFICAÇÃO: EDINÉSIO JALES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDINÉSIO JALES DA SILVA
DATA : 20/07/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Laboratório de Máquinas Hidráulicas e Energia Solar - NTI/UFRN
TÍTULO:

FABRICAÇÃO E ESTUDO DE UM SISTEMA DE AQUECIMENTO DE ÁGUA UTILIZANDO COLETOR SOLAR DE GRADE ABSORVEDORA FORMADA COM TUBOS PVC NA CONFIGURAÇÃO SÉRIE-PARALELO


PALAVRAS-CHAVES:

Energia solar, sistema de aquecimento solar, coletor solar, coletor e reservatório alternativo, baixo custo.


PÁGINAS: 79
RESUMO:

Foi estudado um sistema solar de aquecimento de água para banho composto por um coletor solar com tubos absorvedores de PVC e reservatório térmico fabricado a partir de um tambor de polietileno de 200 litros. Os tubos absorvedores foram unidos por conexões em T e joelhos de PVC, e a configuração da grade absorvedora formada foi em série/paralelo, para proporcionar uma maior capacidade de aquecimento, aumentando-se a temperatura da água circulante. O reservatório térmico constituído do tambor de polietileno foi revestido por chapas de aço galvanizado e entre as duas superfícies foram aplicadas espuma de poliuretano, um material de excelente capacidade de isolamento térmico. O sistema de aquecimento proposto tinha como principais características o baixo custo e simples processos de fabricação e montagem. Serão apresentados os processos de fabricação e montagem do coletor e do reservatório térmico alternativo, e resultados de testes que demonstrarão a viabilidade do sistema de aquecimento proposto para promover o aquecimento de água para banho para uma família de quatro pessoas. Demonstrou-se que o coletor solar proposto teve capacidade de promover o aquecimento da massa de água do RTA a uma temperatura média de 50°C, em um único dia de aquecimento, temperatura muito acima da temperatura ideal de banho e que o sistema de aquecimento tinha autonomia de quatro banhos para um único dia de teste. A perda térmica do coletor solar estudado esteve muito acima da relativa aos coletores solares convencionais de mercado, mas não inviabilizou a utilização do coletor solar proposto para utilizações residenciais. O coletor solar de grade mista apresentou custo de fabricação correspondente a 50% do relativo a um coletor solar convencional de mercado e o reservatório térmico alternativo apresentou perda térmica comparável à de reservatórios convencionais de mercado, com custo de fabricação 70% menor.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Externo à Instituição - MARCELO DE SOUZA MARQUES - IFRN
Externo ao Programa - 3217842 - MARCOS SILVA DE AQUINO
Externo à Instituição - NATANAEYFLE RANDEMBERG GOMES DOS SANTOS - F.M.Nassau
Notícia cadastrada em: 18/07/2016 20:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao