Banca de DEFESA: DIEGO DE LIMA SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DIEGO DE LIMA SOUSA
DATA: 28/01/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Laboratório de Mecânica dos Fluidos - NTI/UFRN
TÍTULO:

ESTUDO EXPERIMENTAL SOBRE O COMPORTAMENTO DO ESCOAMENTO BIFÁSICO ÁGUA – AR PARA A MEDIÇÃO DE VAZÃO EM PLACA DE ORIFÍCIO


PALAVRAS-CHAVES:

Escoamento bifásico, Placa de Orifício, Pressão diferencial.


PÁGINAS: 83
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

A medição de vazão através da predição da pressão diferencial é amplamente utilizada no dia-a-dia industrial, isso acontece, principalmente, devido ao fato de ser utilizado para os mais variados tipos de fluidos, tais como: fluxo de gases e líquido com viscosidades distintas, até mesmo, escoamento de fluidos com partículas em suspensão. A adequação desses equipamentos para a medição de vazão mássica em escoamentos bifásicos é de suma importância para o desenvolvimento tecnológico e confiabilidade dos resultados. Quando se trata de escoamentos bifásicos as relações existentes entre os fluidos e as interações entre eles são de suma importância na predição da vazão. No presente trabalho, é proposto a utilização de placa de orifício concêntrica utilizada em tubulações de pequenos diâmetros da ordem de 25,4 mm onde escoa um fluxo bifásico de água e ar. A medição de vazão monofásica foi feita com a utilização dos dados referentes na norma NBR 5167-1 onde utilizou-se a equação de Stolz para a mensuração do coeficiente de descarga. No escoamento bifásico foi utilizado duas correlações largamente empregadas no prognóstico da vazão mássica, o padrão de Zhang (1992), e o modelo de Chisholm (1967), para o modelo de escoamento homogêneo. Observou-se que o comportamento encontrado no modelo de Zhang, condizem de forma mais realística a vazão mássica do fluxo bifásico, pois, o modelo de Chisholm extrapola nos parâmetros para a pressão a jusante, P2, a placa de orifício, assim como o coeficiente de descarga avaliada. A utilização da modificação nas quedas de pressão, P1-P2, e coeficiente de descarga, permitiu uma melhor convergência entre os valores obtidos para o fluxo bifásico água-ar.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348080 - JOSE UBIRAGI DE LIMA MENDES
Externo ao Programa - 2654020 - KLEIBER LIMA DE BESSA
Externo à Instituição - NATANAEYFLE RANDEMBERG GOMES DOS SANTOS - F.M.Nassau
Notícia cadastrada em: 22/01/2016 09:37
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao