Banca de DEFESA: LUCEMAIDE BATISTA MIRANDA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCEMAIDE BATISTA MIRANDA FERREIRA
DATA: 06/08/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

ANÁLISE DE CRITÉRIOS DE FALHAS EM LÂMINAS REFORÇADAS COM TECIDOS UNIDIRECIONAIS DE FIBRA DE CURAUÁ


PALAVRAS-CHAVES:

Critérios de falha, fibras naturais, fibras de curauá, orientação do reforço.


PÁGINAS: 101
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

O presente trabalho tem como objetivo fazer uma análise das propriedades mecânicas e do comportamento mecânico de duas lâminas reforçadas com tecido unidirecional de fibra de curauá com diferentes frações volumétricas, baseado em critérios de falha definidos em literatura.

 Os compósitos, que apresentam matriz polimérica e reforço com tecido unidirecional de fibra de curauá, foram submetidos a ensaios de tração e cisalhamento em uma série de corpos de provas normatizados cuja orientação das fibras direcionadas em ângulos de 0⁰, 10⁰, 20⁰, 75⁰ e 90⁰ para a lâmina com fração volumétrica de 30% e 0⁰, 30°, 45°, 60°, e 90° para a lâmina com fração volumétrica de 22%,  para ensaios de tração e para ensaio de cisalhamento a orientação do ângulo do reforço foi de 90°. Os ensaios foram executados em uma máquina universal de tração e coletados os dados das propriedades mecânicas dos corpos de prova dos compósitos. Estes dados experimentais foram inseridos nas equações teóricas que definem os critérios de falha, como também, tratados graficamente para análise dos resultados e comparação entre os ângulos de orientação do reforço. Constatou-se uma grande dispersão entre os dados experimentais do módulo de Elasticidade e do Coeficiente de Poisson em relação ao comportamento teórico principalmente para a lâmina com menor fração volumétrica. O compósito com orientação de reforço a 0° apresentou a maior resistência à tração em relação às demais inclinações para as duas lâminas. No entanto, em relação aos critérios de falha as lâminas tiveram comportamentos diferentes. Para a lâmina com fração volumétrica 30%, os quatro critérios estudados nesta Tese apresentaram boa concordância em termos de resistência, mas para a lâmina com fração volumétrica de 22%, apenas o critério de Tsai-Will e Hashin apresentaram boa concordância.

.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1338331 - RAIMUNDO CARLOS SILVERIO FREIRE JUNIOR
Interno - 1451488 - JOÃO CARLOS ARANTES COSTA JÚNIOR
Externo ao Programa - 2002306 - KILDER CESAR DE ARAUJO RIBEIRO
Externo à Instituição - RENATA CARLA TAVARES SANTOS FELIPE - IFRN
Externo à Instituição - SERGIO RENAN LOPES TINO - IFGoiano
Notícia cadastrada em: 05/08/2015 16:27
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao