Banca de QUALIFICAÇÃO: LUIZ HENRIQUE PINHEIRO DE LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUIZ HENRIQUE PINHEIRO DE LIMA
DATA: 30/07/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

ANÁLISE DA PERFORMANCE DE UM REFRIGERADOR DOMÉSTICO VARIANDO A EXPANSÃO ATRAVÉS DE UMA VÁLVULA MICROMÉTRICA


PALAVRAS-CHAVES:

Refrigeração; dispositivo de expansão micrométrico; performance; R134a.


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

O presente trabalho objetiva refletir sobre a importância da influência das condições de restrição do dispositivo de expansão sobre a performance de um refrigerador. Para isso, analisa-se o funcionamento de refrigeradores, que são os equipamentos que apresentam o maior consumo de energia elétrica nas residências brasileiras. Estima-se que a presença de refrigeradores com mais de 15 anos de uso em estoque é de aproximadamente 12%. Isso indica uso prolongado de equipamentos com tecnologias ineficientes e eficiência degradada. O ponto de operação de um refrigerador é fixado pela interação dos componentes básicos. Mudanças no tipo de refrigerante ou carga influenciam nas pressões de condensação e evaporação devido ao excesso ou falta de fluido nos trocadores de calor. As pressões de evaporação e condensação influenciam na capacidade volumétrica do compressor, assim como no fluxo de massa e na potência consumida. Os dispositivos de expansão desempenham um papel importante no equilíbrio de pressões no funcionamento dos refrigeradores. Neste sentido, a definição do dispositivo de expansão e a sua calibração em relação ao compressor podem melhorar ou degradar o desempenho do sistema. Busca-se avaliar a eficácia da substituição do tubo capilar por uma válvula micrométrica de agulha instalada em serie, mantendo aproximadamente 25% do tubo capilar original, no desempenho de um refrigerador comercial, projetado para funcionamento com gás R134a. A combinação de calibração da válvula, testada em três posições distintas, irá expandir ou restringir o orifício do dispositivo em relação ao tubo capilar original. Foram monitorados os parâmetros de potência elétrica, pressões de condensação e evaporação, temperaturas ao longo do circuito em ensaios de abaixamento de temperatura. Os resultados mostram que a correlação entre a restrição na expansão e a carga de refrigerante (mantida em 210 g) pode fornecer consumo de energia elétrica (cerca de 5% superior é aceita pela estatística) e uma eficiência na redução tempo de resfriamento (cerca de 50% melhor) no compartimento interno do refrigerador.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 349577 - CLEITON RUBENS FORMIGA BARBOSA
Presidente - 348122 - FRANCISCO DE ASSIS OLIVEIRA FONTES
Externo ao Programa - 347936 - LUCIO ANGELO DE OLIVEIRA FONTES
Externo ao Programa - 3217842 - MARCOS SILVA DE AQUINO
Notícia cadastrada em: 29/07/2015 15:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao