Banca de QUALIFICAÇÃO: ANTONIO ROBERTO AUGUSTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO ROBERTO AUGUSTO
DATA: 21/02/2014
HORA: 08:00
LOCAL: Laboratório de Tribologia - NTI/UFRN
TÍTULO:

REVESTIMENTO DE SUPERFÍCIE DE FERRO FUNDIDO CINZENTO (A48CL30) COM CARNONETO DE TUNGSTÊNIO (WC) PARA UTILIZAÇÃO EM BOMBEAMENTO DE VINHOTO


PALAVRAS-CHAVES:

Aplicação (corrosão), carboneto de tungstênio, bombeamento de vinhoto (erosão), desgaste, ferro fundido.


PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

No processo de obtenção de álcool, tem-se como resíduo industrial o vinhoto. Para cada litro de álcool produzido, obtém-se em média 15 litros de vinhoto. O vinhoto possui características que permitem sua utilização como fertilizante, apesar de apresentar elevada ação corrosiva e abrasiva, podendo ser identificado como líquido hostil, de mau odor, adesivo e com alta volatilidade. A característica abrasiva e corrosiva exige para seu bombeamento aplicação de bombas especiais, totalmente fabricadas em aço inoxidáveis, tornando o processo de descarte do vinhoto um tanto oneroso. O objetivo deste trabalho é obter-se uma superfície em carboneto de tungstênio (WC), resistente à corrosão e abrasão, considerando o ferro fundido cinzento como material base por ser muito comum sua utilização na fabricação de bombas de baixo custo e de fácil obtenção. Através do processo HVOF (High Velocity Oxigen Fuel), preparou-se a superfície de um rotor em ferro fundido cinzento (ASTM A48 CL30) revestindo-a com a espessura de 0,3 mm de carboneto de tungstênio (WC10%Co). O rotor foi então montado e testado em uma bomba centrífuga modelo INI 32-125, construída totalmente em ferro fundido. Testar a bomba somente com algumas peças de ferro fundido sem revestimento permitiu obter parâmetros para comparar o desgaste com a do rotor revestido. A bomba foi testada durante 100 dias com 12 horas/dia de operação, bombeando vinhoto à temperatura de 25°C, pH 7,0, peso específico 1,0017 kgf/dm³. Durante o teste simulou-se os efeitos da cavitação e recirculação através do controle da válvula de descarga. Os resultados obtidos mostram que o revestimento suportou o ataque químico e a erosão provocada pelo bombeamento do vinhoto, enquanto que as peças utilizadas sem resvetimento apresentaram um desgaste inicial considerável, identificado pelos pontos de corrosão, caracterizando o início da corrosão


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347080 - JOAO TELESFORO NOBREGA DE MEDEIROS
Interno - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Externo à Instituição - MARCELLO FILGUEIRA - UENF
Notícia cadastrada em: 20/02/2014 16:19
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao