Banca de DEFESA: DIEGO RAMALHO MINERVINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DIEGO RAMALHO MINERVINO
DATA: 26/07/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Centro de Tecnologia da UFRN
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE ESTRUTURAS INTEGRADAS DE FILTROS E ANTENAS PARA APLICAÇÕES EM SISTEMAS DE COMUNICAÇÕES SEM FIO


PALAVRAS-CHAVES:

Microfita, antenas de microfita, filtros de microfita, monopolos planares, filtennas, comunicações sem fio, UWB.


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Telecomunicações
ESPECIALIDADE: Teoria Eletromagnetica, Microondas, Propagação de Ondas, Antenas
RESUMO:

Este trabalho apresenta um estudo da integração de filtros e antenas de microfita, originando os dispositivos denominados como filtennas, para aplicações em sistemas de comunicações sem fio. A concepção destas estruturas se deu a partir da observação de filtennas baseadas na integração entre antenas cornetas e superfícies seletivas de frequência (FSS), usadas na banda X. A opção por estruturas de linhas de microfita para o desenvolvimento de uma nova configuração de filtennas se justifica pela larga aplicação dessas linhas de transmissão, nas últimas décadas, resultando sempre na fabricação de circuitos planares com estruturas leves, de dimensões reduzidas, de baixo custo, fáceis de construir e, principalmente, fáceis de integrar com outros dispositivos e circuitos de micro-ondas. Além disso, a estrutura de antena considerada para a composição das filtennas consiste de um monopolo planar de microfita com a integração de filtros de microfita na linha de alimentação da antena. Em particular, são considerados monopolos elípticos de microfita (que operam em banda ultralarga, UWB) e filtros de microfita (em estruturas com seções associadas em série e/ou acopladas).  Além disso, o monopolo de microfita apresenta uma largura de banda adequada e um diagrama de radiação omnidirecional, de tal forma que a sua integração com filtros de microfita resulta na redução da largura de banda, porém com pequenas alterações no diagrama de radiação. Os métodos matemáticos usados na análise dos monopolos, filtros e filtennas foram os dos elementos finitos e dos momentos, através da utilização dos softwares comerciais Ansoft Designer e Ansoft HFSS, respectivamente. Especificamente, são analisadas as características principais das filtennas, tais como: diagrama de radiação, ganho e largura de banda. Foram projetadas, construídas e medidas, diversas estruturas de filtennas, para fins de validação dos resultados simulados. Também foram utilizadas ferramentas computacionais (do tipo CAD) no processo de construção de protótipos dos monopolos planares, dos filtros e das filtennas. Esses protótipos foram construídos sobre substratos de fibra de vidro, referenciados como FR4, com altura, h, igual a 1,57 mm e permissividade relativa, εr , igual a 4,4. As medições foram realizadas com um analisador de redes (modelo FSH-Z3, da Rohde&Schwarz), no Laboratório de Telecomunicações da UFRN. As comparações entre os resultados simulados e medidos foram efetuadas com o uso do programa Matlab (Matrix Laboratory), sendo observada uma boa concordância entre os mesmos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6345784 - ADAILDO GOMES D ASSUNCAO
Externo à Instituição - ADAILDO GOMES D ASSUNCAO JUNIOR - IFPB
Externo à Instituição - GLAUCO FONTGALLAND - UFCG
Externo à Instituição - JOSE DE RIBAMAR SILVA OLIVEIRA - IFRN
Interno - 349732 - LAERCIO MARTINS DE MENDONCA
Externo à Instituição - PAULO HENRIQUE DA FONSECA SILVA - IFPB
Notícia cadastrada em: 18/07/2013 09:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao