Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSE IDIFRANSE AGUIAR TRINDADE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE IDIFRANSE AGUIAR TRINDADE
DATA: 04/02/2013
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Centro de Tecnologia da UFRN
TÍTULO:

ESTUDO DO ACOPLAMENTO ENTRE SUPERFÍCIES SELETIVAS DE FREQUÊNCIA COM ELEMENTOS FRACTAIS E HELICOIDAIS EM ESTRUTURAS DE MULTICAMADAS


PALAVRAS-CHAVES:

Superfícies Seletivas de Frequências, Geometria Fractal, Geometria Helicoidal, Análise, Medição.


PÁGINAS: 31
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Telecomunicações
ESPECIALIDADE: Teoria Eletromagnetica, Microondas, Propagação de Ondas, Antenas
RESUMO:

Este trabalho tem como objetivo investigar o comportamento de elementos fractais e
elementos helicoidais em estruturas planares de microfita. Em particular, as superfícies
seletivas de frequência (FSSs) tiveram seus elementos convencionais alterados para
formatos fractais e para o formato helicoidal. O substrato dielétrico usado é de fibra de
vidro (FR-4) e tem espessura de 1,5 mm, permissividade elétrica relativa de 4,4 e tangente
de perdas igual a 2,2. Para as FSSs, adotou-se a geometria fractal pentagonal de Dürer e a
geometria helicoidal. Para efetuar as medições, foram utilizadas duas antenas cornetas com
linha de visada direta, conectadas por cabo coaxial ao analisador de redes vetorial. Alguns
protótipos foram construídos e medidos. A partir de resultados preliminares, objetivou-se
encontrar aplicações práticas para as estruturas a partir do cascateamento entre elas. Para as
FSSs com elementos fractais de Dürer, observou-se um comportamento multibanda
proporcionado pela geometria fractal, ao mesmo tempo em que a largura de banda se
tornou estreita na medida em que o nível de iteração fractal aumentou, tornando-a uma
estrutura mais seletiva em frequência, com um maior fator de qualidade. Uma análise
paramétrica possibilitou a análise da influência da variação da camada de ar entre elas. As
estruturas P0, P1, P2 e P3 foram consideradas e cascateadas. O cascateamento entre P1 e
P2, resultando no cascateamento P1P2, apresentou um comportamento tri-band para
determinados valores da camada de ar entre elas, e encontrou aplicações na banda
licenciada 2.5GHz (2.3-2.7). Já o cascateamento entre P2 e P3, resultando no
cascateamento P2P3, apresentou um comportamento tri-band para determinados valores da
camada de ar entre elas, e encontrou aplicações na banda licenciada 3.5GHz (3.3-3.8). Para
as FSSs com elementos helicoidais, seis estruturas foram consideradas, a saber, H0, H1,
H2, H3, H4 e H5. O comportamento eletromagnético delas foi analisado isoladamente e
cascateadas. A partir de resultados preliminares obtidos com a análise isolada das
estruturas, o cascateamento entre elas proporcionou o aumento da largura de banda, na
medida em que a espessura da camada de ar aumenta. Com a finalidade de encontrar
aplicações práticas para as estruturas helicoidais cascateadas, o cascateamento H0H4
encontrou aplicações práticas na Banda X (8.0 – 12.0GHz), e o cascateamento H1H2
encontrou aplicações na Banda Não-Licenciada que compreende a faixa de 5.25 a
5.85GHz. Na caracterização numérica e experimental das estruturas abordadas, utilizou-se,
respectivamente, o software comercial Ansoft DesignerTM e um analisador de redes
vetorial, modelo N5230A da Agilent.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6345784 - ADAILDO GOMES D ASSUNCAO
Interno - 349732 - LAERCIO MARTINS DE MENDONCA
Externo à Instituição - GERVASIO PROTASIO DOS SANTOS CAVALCANTE - UFPA
Externo à Instituição - GLÁUCIO LIMA SIQUEIRA - PUC - RJ
Externo à Instituição - PAULO HENRIQUE DA FONSECA SILVA - IFPB
Notícia cadastrada em: 14/01/2013 09:08
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao