Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIEL LOPES MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIEL LOPES MARTINS
DATA: 01/08/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Laboratório de Automação em Petróleo
TÍTULO:

Sistema Inteligente para Redes Industriais Sem Fio


PALAVRAS-CHAVES:

Sistemas inteligentes, Redes industriais Sem Fio, WirelessHART,
ISA100.


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
ESPECIALIDADE: Automação Eletrônica de Processos Elétricos e Industriais
RESUMO:

O avanço da tecnologia nos proporcionou uma melhora significativa nos meios de
comunicação. Hoje em dia somos rodeados por dispositivos que a todo momento estão se
comunicando uns com os outros utilizando ondas de eletromagnéticas. Dois dos grandes
benefícios desses sistemas são justamente a mobilidade que eles trazem por justamente
não utilizarem cabos nas suas comunicações e a facilidade de instalação.
As indústrias viram que essas características são bem vantajosas também para o chão
de fábrica. Existem muitos equipamentos que possuem partes móveis, ou que estão localizados
em ambientes com alto nível de corrosão ou alta temperatura, características
que tornam a utilização de cabos de comunicação muito complicada e as vezes totalmente
inviável. Baseado nisso algumas empresas passaram a desenvolver instrumentos
com comunicação sem fio, existindo dois protocolos que se destacam por serem protocolos
abertos de comunicação sem fio para ambientes industriais: O WirelessHART e o
ISA100.11a. O WirelessHART foi desenvolvido pela HART Communication Foundation
na revisão 7.0 da especificação do protocolo HART e o ISA100.11a foi desenvolvido pela
International Society of Automation (ISA) que iniciou a ideia de padronizar os sistemas
wireless de comunicação industrial tanto para automação quanto para controle, sendo o
ISA100.11a o primeiro padrão desenvolvido.
Esses instrumentos viriam a ser utilizados justamente nesses locais onde equipamentos
cabeados possuem imensa desvantagem, mas apesar de serem uma solução para certos
problemas, eles sofrem com questões como interferência, por utilizar um meio que
é compartilhado por muitos outros sistemas de transmissão sem fio, reflexão, difração,
esmaecimento do sinal.
Este Trabalho consiste na proposta de tese que busca auxiliar a diminuir um problema
encontrado durante a fase de projeto e instalação dos instrumentos sem fio: Determinar a
posição de um instrumento de forma que ele venha a sofre a menor interferência possível
do ambiente no qual ele foi instalado. Para isso, o programa se comunicaria com os
instrumentos sem fio e de posse de alguns dados, utilizando uma junção de redes neurais,
algoritmos genéticos e lógica Fuzzy, entre outros algoritmos, realizaria inferências sobre
o posicionamento dos equipamentos no ambiente.
Espera-se com este trabalho poder auxiliar os engenheiros de projeto a determinar
de forma mais rápida e satisfatória a posição dos instrumentos maximizando a confiabilidade
do sistema como todo, minimizando características como perda de sinal e de
pacotes, consumo de bateria e como consequência, paradas do processo para manutenção
de equipamentos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347628 - ADRIAO DUARTE DORIA NETO
Interno - 350241 - JORGE DANTAS DE MELO
Interno - 1153006 - LUIZ AFFONSO HENDERSON GUEDES DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - DENNIS BRANDAO - USP
Notícia cadastrada em: 27/06/2012 14:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao