Banca de DEFESA: FRANCISCO DAS CHAGAS BARBOSA DE SENA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO DAS CHAGAS BARBOSA DE SENA
DATA : 13/04/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do PPGEEC
TÍTULO:

Otimização de Estruturas DGS e PBG em Antenas de Microfita Retangular Usando Algoritmo Genético

 


PALAVRAS-CHAVES:

Antena de Microfita, Otimização, Algoritmo Genético, PBG e DGS.


PÁGINAS: 116
RESUMO:

As antenas de microfita têm atraído a atenção de pesquisadores no mundo inteiro por possuírem características interessantes a diversas aplicações. Contudo, desvantagens como baixo ganho, estreita largura de banda e baixa eficiência de radiação podem limitar o seu uso em um determinado sistema. Além disso, esse tipo de antena pode excitar modos de ordem superiores em adição ao fundamental. Essa característica é particularmente importante para sistemas que possuem múltiplas frequências de operação, nos demais casos, faz-se necessário o uso de filtros para eliminar os modos indesejados. Alternativamente, podem-se adicionar arranjos de defeitos ao plano de terra ou ao substrato da antena para cumprir esse mesmo objetivo, sendo tais estruturas denominadas de Defected Ground Structure (DGS) e Photonic Band Gap (PBG), respectivamente. Entretanto, o desenvolvimento de projetos realmente eficientes envolvendo esses tipos de estruturas apresenta grande dependência da correta especificação dos parâmetros físicos do arranjo utilizado. Nesse contexto, objetivando eliminar e/ou atenuar os modos de ordem superiores, sem afetar significativamente o desempenho da antena em operação para o modo fundamental, o presente trabalho estudou a aplicação de um Algoritmo Genético (AG) no desenvolvimento de novos modelos estruturas com DGS e PBG. Os modelos propostos são constituídos de furos circulares, preenchidos com ar, nos padrões hexagonal e retangular para configuração periódica e com padrão micro estruturado para a configuração quase periódica. O AG proposto foi responsável por especificar os seguintes parâmetros dos arranjos analisados: diâmetro dos furos, distância de separação entre os mesmo e o posicionamento do arranjo ao longo do comprimento da antena. Com base nos resultados obtidos, verificou-se que o AG proposto foi capaz de otimizar as estruturas analisadas de modo a preservar o modo fundamental das antenas analisadas, ao passo que os modos de ordem superiores foram eliminados e/ou consideravelmente atenuados. Verificou-se também que para o mesmo tipo de arranjo, as antenas com DGS apresentaram desempenho superior em relação as com PBG, considerando o coeficiente de reflexão do modo fundamental. Além disso, as estruturas otimizadas não apresentaram variações significativas no ganho ou padrão de radiação e elas exibiram características importantes para projetos de miniaturização. Os resultados obtidos são particularmente importantes, partindo do pressuposto que as estruturas otimizadas podem ser utilizadas para eliminar modos de ordem superiores, em aplicações com antenas de microfita passivas ou ativas que operam também como ressoadores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1422265 - JOSE PATROCINIO DA SILVA
Interno - 2524053 - ANTONIO LUIZ PEREIRA DE SIQUEIRA CAMPOS
Interno - 1412682 - VICENTE ANGELO DE SOUSA JUNIOR
Externo à Instituição - HUMBERTO DIONISIO DE ANDRADE - UFERSA
Externo à Instituição - ÁDLLER DE OLIVEIRA GUIMARÃES - UFERSA
Notícia cadastrada em: 13/03/2018 16:11
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao