Banca de DEFESA: JOAO MARCOS TEIXEIRA LACERDA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOAO MARCOS TEIXEIRA LACERDA
DATA : 16/06/2017
HORA: 08:00
LOCAL: Laboratorio de Inovação de Tecnológica em Saúde
TÍTULO:

SOA-BD: arquitetura orientada a serviço para acesso universal a dispositivos biomédicos


PALAVRAS-CHAVES:

SOA-BD, Informática em Saúde, Interoperabilidade entre Dispositivos Biomédicos, Arquitetura Orientada a Serviço, HL7, Centro de Terapia Intensiva.


PÁGINAS: 40
RESUMO:

A comunicação de sistemas de informação com dispositivos biomédicos tornou-se complexa, não só devido à existência de vários protocolos de comunicação proprietários, mas também à maneira imutável de incorporar esse software a esses dispositivos. Nesse sentido, este artigo propõe uma arquitetura orientada a serviço para acessar dispositivos biomédicos como uma forma de abstrair os mecanismos de escrita e leitura de dados desses dispositivos, contribuindo assim, para que o foco da equipe de desenvolvimento de software biomédico se destine a seus Requisitos funcionais, ou seja, regras de negócio relevantes para o domínio do problema. A arquitetura SOA-BD consiste em seis componentes principais: Web Service para transporte e conversão dos dados do dispositivo, protocolos de comunicação para acessar os dispositivos, processadores de dados, um repositório de dispositivos para armazenar dados e informações transmitidas, um componente para tratamento de erros e por fim, um componente para configuração da arquitetura. Para o desenvolvimento de SOA-BD, foram utilizadas tecnologias como a linguagem XML e a linguagem de programação Java. Além disso, também foram utilizados conceitos de engenharia de software, como padrões de projeto. Para a validação deste trabalho, os dados foram coletados de monitores de sinais vitais em um centro de terapia intensiva utilizando o padrão médico HL7. Os testes obtiveram uma diferença de cerca de 1 segundo em termos de tempo de resposta com o uso da arquitetura. Para fins conclusivos, foi constatado que a SOA-BD obteve resultados importantes, como a redução da complexidade do protocolo de acesso, a oportunidade de tratar os pacientes em longas distâncias, permitindo um desenvolvimento mais fácil de aplicações de monitoramento e interoperabilidade com dispositivos biomédicos de diversos fabricantes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2488270 - RICARDO ALEXSANDRO DE MEDEIROS VALENTIM
Interno - 1837410 - VALENTIN OBAC RODA
Externo ao Programa - 2562782 - KARILANY DANTAS COUTINHO
Externo à Instituição - ANTONIO HIGOR FREIRE DE MORAIS - IFRN
Externo à Instituição - JOSÉ MACEDO FIRMINO FILHO - IFRN
Externo à Instituição - PEDRO FERNANDES RIBEIRO NETO - UERN
Notícia cadastrada em: 06/06/2017 11:09
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao