Banca de DEFESA: FRANCISCO DAS CHAGAS DA SILVA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO DAS CHAGAS DA SILVA JUNIOR
DATA : 03/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do PPGEEC
TÍTULO:
Controle Adaptativo por Posicionamento de Polos e Estrutura Variável 

PALAVRAS-CHAVES:
Controle Robusto, Controle Adaptativo, Posicionamento de Polos, Sistemas com Estrutura Variável, 
Plantas Intervalares, Teorema de Kharitonov, Sistemas de Fase Não Mínima, Programação
Não-Linear

PÁGINAS: 115
RESUMO:
Este trabalho aborda o problema de projeto de controladores adaptativos por
posicionamento de polos para plantas incertas, monovariáveis, lineares e invariantes
no tempo (LTI), tanto de fase mínima como de fase não mínima. No primeiro esquema
apresentado, denominado Controle Adaptativo por Posicionamento de Polos e Estrutura
Variável (VS-APPC), os parâmetros do controlador são calculados a cada instante de
tempo a partir das estimativas dos parâmetros da planta, que são geradas por leis
chaveadas baseadas na teoria dos Sistemas com Estrutura Variável (VSS), e de um
polinômio característico, escolhido com base em especificações de desempenho e que
define a posição desejada para os polos de malha fechada. O segundo esquema,
denominado Controle Adaptativo Intervalar por Posicionamento de Polos e Estrutura
Variável (IVS-APPC), é projetado para plantas intervalares, ou seja, plantas cujos
parâmetros são desconhecidos mas limitados a intervalos conhecidos, que são comuns
em situações práticas onde muitas vezes os modelos de sistemas LTI tratados são na
verdade aproximações de sistemas não-lineares, por exemplo, o que pode resultar em
incertezas paramétricas significativas para os sistemas de controle. No projeto do
IVS-APPC, os parâmetros do controlador são calculados da mesma forma que no caso do
VS-APPC, mas devem estar contidos em intervalos previamente calculados por um
algoritmo de otimização que busca solucionar um problema de Programação Não-Linear,
de forma a garantir que os polos de malha fechada permaneçam em uma região convexa
definida pelas raízes de um polinômio característico intervalar, cuja estabilidade é
garantida pelo Teorema de Kharitonov. A principal motivação deste trabalho é a
aplicação dos esquemas propostos a plantas de fase não mínima, já que a abordagem de
controle conhecida como Controle Adaptativo por Modelo de Referência e Estrutura
Variável (VS-MRAC), que tem apresentado ao longos dos últimos anos resultados
satisfatórios de desempenho e robustez, é restrita a plantas de fase mínima.
Resultados de simulação são apresentados para ilustrar as propriedades dos esquemas
propostos, como por exemplo transitório rápido, sinal de controle suave sem
filtragem e robustez a variações paramétricas.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347565 - ALDAYR DANTAS DE ARAUJO
Externo ao Programa - 1375337 - JOSENALDE BARBOSA DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - JOSÉ ÁLVARO DE PAIVA - IFRN
Externo ao Programa - 3566630 - LEONARDO RODRIGUES DE LIMA TEIXEIRA
Externo à Instituição - ODAILSON CAVALCANTE DE OLIVEIRA - IFRN
Notícia cadastrada em: 02/02/2017 09:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao