Banca de DEFESA: DANIEL LOPES MARTINS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DANIEL LOPES MARTINS
DATA : 06/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Núcleo de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação
TÍTULO:

Sistema Inteligente para Auxilio no Projeto e Instalação de uma Rede Industrial de Sensores Sem Fio


PALAVRAS-CHAVES:

Rede de sensores Industriais Sem Fio, Algoritmos Genéticos, Otimização Multiobjetivo, Alocação de Instrumentos


PÁGINAS: 128
RESUMO:

O avanço da tecnologia nos proporcionou uma melhora significativa nos meios de comunicação. Hoje em dia somos rodeados por dispositivos que a todo o momento estão se comunicando uns com os outros utilizando ondas eletromagnéticas. Dois grandes benefícios desses sistemas são justamente a mobilidade proporcionada por não utilizarem cabos nas suas comunicações e a facilidade de instalaçã. O mercado industrial percebeu que tais características são bem vantajosas (principalmente em equipamentos móveis e ambientes hostis, corrosivos ou de altas temperaturas) ecomeçou a investir nessa tecnologia com o surgimento dedois protocolos que se destacam por serem protocolos abertos de comunicação sem fio para ambientes industriais: O WirelessHART e o ISA100.11a. WirelessHART foi desenvolvido pela HART Communication Foundation na revisão 7.0 da especificação do protocolo HART e o ISA100.11a foi desenvolvido pela International Society of Automation(ISA) que iniciou a ideia de padronizar os sistemas wireless de comunicação industrial tanto para automação quanto para controle, sendo o ISA100.11a o primeiro padrão desenvolv. Apesar da tecnologia sem fio ser bem difundida para a população comum, no ambiente industrial, a tecnologia sofre algumas restrições para sua utilização. Odeterminismo, latência e recuperação na perda de comunicação são características essenciais para sua confiabilidade na entrega da informaçãO. Para isso, a alocação dos instrumentos e roteadores pode influenciar de forma positiva ou negativa a quantidade de rotas e alcance dos instrumentos, permitindo sinais mais fortes frente a obstáculos e/ou rotas alternativas no caso da perda das rotas principais. Este Trabalho consiste na proposta de tese que busca, através da utilização da técnica de algoritmo genético multiobjetivo, determinar as posições dos instrumentos roteadores de forma que a rede possa se tornar mais robusta possível no ambiente no qual ele foi instalado. Espera-se que este trabalho possa auxiliar os engenheiros de projeto a determinar de forma mais rápida e satisfatória a posição dos instrumentos maximizando a confiabilidade do sistema como todo, minimizando características como perda de sinal e de pacotes e como consequência, paradas do processo para manutenção de equipamentos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347628 - ADRIAO DUARTE DORIA NETO
Interno - 1149567 - ANDRES ORTIZ SALAZAR
Externo ao Programa - 350241 - JORGE DANTAS DE MELO
Externo à Instituição - DENNIS BRANDAO - USP
Externo à Instituição - VINICIUS PONTE MACHADO - UFPI
Notícia cadastrada em: 20/12/2016 10:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao