Banca de DEFESA: JOSE ALBERTO DIAZ AMADO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE ALBERTO DIAZ AMADO
DATA: 20/12/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Auditorio do LAMP
TÍTULO:

Otimização do sistema de supervisão e controle de uma planta de tratamentos de residuos utilizando plasma


PALAVRAS-CHAVES:

Plasma térmico, ICPT, Planta Incineração, Automação virtual e
Controle fuzzy.


PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
ESPECIALIDADE: Controle de Processos Eletrônicos, Retroalimentação
RESUMO:

Um dos grandes e crescentes problemas enfrentado pela sociedade moderna é a alta
produção de resíduos e os efeitos correlatos que produzem, tais como a degradação do
meio ambiente e a poluição dos diversos ecossistemas, com reflexos diretos na qualidade
de vida das populações. As tecnologias de tratamento térmico têm sido largamente empregadas
no tratamento destes resíduos e o plasma térmico vem ganhando importância no
processamento de eliminação de resíduos.
O objetivo neste trabalho, está focado no desenvolvimento de um sistema otimizado
de supervisão e controle aplicado a uma planta de processamento de resíduos e efluentes
petroquímicos utilizando plasma térmico. O sistema é basicamente composto por uma
tocha indutiva plasmática, reatores, sistema de lavagem e exaustão de gases e uma fonte
de alimentação utilizada na geração de plasma.
O desenvolvimento de um ambiente de simulação da planta de inertização de resíduos,
permitiu a interação entre a eletrônica, mecânica, monitoramento de dados e controle
dos diferentes subsistemas envolvidos, sendo de vital importância na observação e
identificação do processo de uma maneira mais clara e viável, dando assim uma cobertura
melhorada no desenvolvimento da planta real.
Para poder alcançar o estado de ignição de plasma, foi utilizado uma tocha de acoplamento
indutivo, analisando o equilíbrio do campo magnético por meio da corrente
elétrica, o gás argônio e um sistema de refrigeração aplicada na tocha. O controle deste
processo para manter a temperatura desejada, foi por médio da lógica fuzzy em cascata,
mostrando resultados satisfatórios em termos de tempo de resposta e viabilidade na implementação.
Outro desafio encontrado neste trabalho, foi a integração dos subsistemas da planta,
já que forem desenvolvidos separadamente e em épocas diferentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149567 - ANDRES ORTIZ SALAZAR
Interno - 350693 - ANDRE LAURINDO MAITELLI
Externo ao Programa - 1658061 - ALEXANDRE MAGNUS FERNANDES GUIMARAES
Externo à Instituição - ALBERTO SOTO LOCK - UFRN
Externo à Instituição - CARLOS ALBERTO VILLACORTA CARDOSO - UFS
Externo à Instituição - JEAN PAUL DUBUT - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 24/11/2013 18:20
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao