Banca de QUALIFICAÇÃO: RACKLAYNE RAMOS CAVALCANTI

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RACKLAYNE RAMOS CAVALCANTI
DATA : 27/04/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Sala virtual: meet.google.com/oaa-fwhg-hxt
TÍTULO:

Efeitos de palmilhas customizadas para pessoas com hálux valgo sintomático: Protocolo para um ensaio randomizado controlado por sham



PALAVRAS-CHAVES:

hálux valgo, palmilhas, órteses, tratamento conservador


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Introdução: O hálux valgo é uma das deformidades mais recorrentes no antepé, sua prevalência aumenta conforme a idade, representando aproximadamente 23% na idade adulta, sendo mais comum no sexo feminino. Alguns estudos apontam que a utilização da palmilha com separador de dedos promove alívio da dor e que isso possa estar relacionado com o melhor alinhamento do hálux. Porém ainda não há um consenso acerca da palmilha ideal ou do tempo de utilização desta para promover alívio da dor ou melhora da função em pacientes com hálux valgo. Objetivo: Avaliar o efeito da palmilha customizada na dor de pessoas com hálux valgo sintomático. Métodos: Este é um protocolo para um estudo clínico controlado, aleatorizado e cego. Serão avaliados 80 participantes com dor decorrente do hálux valgo e aleatorizados em dois grupos de intervenção: palmilha customizada ou palmilha sham. As avaliações serão realizadas no baseline (T0), após seis (T6) e doze semanas (T12) do uso das palmilhas, além do follow up que será realizado após quatro semanas do término da intervenção (T16). O desfecho primário será a dor, avaliado pela Escala Numérica de Dor e os desfechos secundários serão: a função do pé, avaliado pelo questionário Foot Function Index; a qualidade de vida, pelo SF-36; e a catastrofização da dor, pela Escala de Catastrofização da Dor. Análise estatística: Para dados normais, será considerada a análise de variância com um design misto, e, para dados não normais, o teste de Friedman será usado, além da interação de tempo por grupo e as diferenças intergrupo e intragrupo. O teste de Bonferroni será feito em análises post hoc. Será utilizada a análise de intenção de tratar. Um nível de significância de 5% e IC 95% serão adotados para todas as análises estatísticas. Ética e divulgação: Este protocolo será submetido ao Comitê de Ética da UFRN/FACISA. Os resultados do estudo serão divulgados aos participantes e submetidos a um periódico revisado por pares e a reuniões científicas.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2218684 - MARCELO CARDOSO DE SOUZA
Interno - 4964489 - CLECIO GABRIEL DE SOUZA
Externa à Instituição - ANAMARIA JONES - UNIFESP
Externo à Instituição - RENAN ALVES RESENDE - UFMG
Notícia cadastrada em: 13/04/2022 16:17
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao