Banca de QUALIFICAÇÃO: THAISSA HAMANA DE MACEDO DANTAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAISSA HAMANA DE MACEDO DANTAS
DATA : 22/11/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Facisa
TÍTULO:

Avaliação da funcionalidade em mulheres com incontinência urinária


PALAVRAS-CHAVES:

Urinary incontinence; International Classification of Functioning, Disability and Health, quality of life; functioning; health status

Incontinência urinária; Classificação internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde; Qualidade de vida; Funcionalidade; percepção de Saúde


PÁGINAS: 22
RESUMO:

Objetivo: Diante da ampla gama de questionários sobre qualidade de vida disponíveis, compreender o conteúdo dos mesmos auxilia na eleição do melhor e mais adequado instrumento para avaliação de mulheres com incontinência urinária. A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) pode ser utilizada como um método padronizado de comparação desses instrumentos, fornecendo uma linguagem unificada para os conceitos e informações extraídas. Nesse sentido, objetivou-se realizar a ligação de quadro importantes questionários de avaliação da qualidade de vida de mulheres incontinentes - International Consultation on Incontinence Questionnaire (ICIQ-SF); King’s Health Questionnaire (KHQ); Incontinence Quality of Life Questionnaire (IQoL) e Bristol Female Urinary Tract Symptoms Questionnaire (BFLUTS) – com a CIF. Métodos: A ligação do conteúdo dos questionários e a CIF foi realizada utilizando a metodologia descrita por Cieza e colaboradores. Resultados: Os questionários contemplaram 48 categorias da Classificação, sendo 49% destas do componente Atividades e participação (d) e 36,8% de funções do corpo (b). Apenas o KHQ contemplou o componente Estruturas do corpo (s). Conclusão: As escalas possuem ligação com a CIF em níveis distintos, bem como características que ajudam na eleição do instrumento mais adequado aos objetivos propostos. O ICIQ-SF mostrou-se o mais limitado entre os instrumentos. O BFLUTS e o IQoL, por sua vez, apresentam maior cobertura da Classificação, porém os conceitos contidos em seus itens se ligam majoritariamente às funções do corpo, denotando uma visão pautada no modelo biomédico. O KHQ demonstrou maior afinidade com a CIF, com maioria dos conceitos ligados às categorias de atividades e participação, se aproximando mais efetivamente do modelo biopsicossocial no qual a Classificação se baseia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3887470 - DIEGO DE SOUSA DANTAS
Interno - 1892581 - GRASIELA NASCIMENTO CORREIA
Externo ao Programa - 4857759 - LUCIANA PROTASIO DE MELO
Notícia cadastrada em: 25/10/2017 14:35
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao