Banca de DEFESA: JOSIVAN RIBEIRO JUSTINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSIVAN RIBEIRO JUSTINO
DATA: 30/08/2013
HORA: 14:30
LOCAL: Anfiteatro B do CCET
TÍTULO:

 



ESTIMATIVAS DE MORTALIDADE PARA A REGIÃO NORDESTE DO BRASIL EM 2010: UMA ASSOCIAÇÃO DO MÉTODO DEMOGRÁFICO EQUAÇÃO GERAL DE BALANCEAMENTO, COM O ESTIMADOR BAYESIANO EMPÍRICO.

 


PALAVRAS-CHAVES:

Sub-registro, Estimador Bayesiano empírico, Equação Geral de Balanceamento, Fator de ajuste.


PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Demografia
RESUMO:

Um dos grandes desafios da demografia atual é obter estimativas de mortalidade, de
maneira consistente, principalmente em pequenas áreas. A carência destas informações,
dificulta ações de saúde pública e leva ao comprometimento da qualidade de
classificação de óbitos, gerando preocupação por parte dos demógrafos e
epidemiologistas na obtenção de estatísticas confiáveis da mortalidade no País. Este
trabalho esta pautado sobre duas linhas de reflexão: uma demográfica e outra estatística,
considerando também duas áreas de abrangência nos estados da região Nordeste, as
áreas maiores (mesorregiões), e as pequenas áreas os municípios. Primeiramente será
implementado o método demográfico Equação Geral de Balanceamento, ou General
Growth Balance, para corrigir os óbitos observados, nas áreas maiores (mesorregiões)
dos estados, por estas serem regiões menos propícias a quebra dos pressupostos
metodológicos. Em seguida será aplicado o método estatístico estimador bayesiano
empírico, considerando os óbitos corrigidos pelo método demográfico, tendo como
referência os óbitos observados nas pequenas áreas ( municípios). O objetivo geral é
obter estimativas de fatores de ajuste de óbitos registrados, para correção da mortalidade
nos estados da região nordeste em 2010, por município segundo grupos etários,
utilizando uma combinação do método bayesiano empírico e Equação Geral de
Balanceamento. A combinação dos métodos tem consigo o efeito de suavização do grau
de cobertura dos óbitos, fruto da associação do rigor da correção do método
demográfico Equação Geral de Balanceamento, e a suavização provocada pelo
estimador bayesiano empírico, com isto supõe-se ter valores mais adequados para os valores
do grau de cobertura dos óbitos. Os resultados apontam que o grau de cobertura de óbitos,
para os estados e mesorregiões do nordeste, segundo a combinação dos métodos com os
seguintes valores: Alagoas (0,88), Bahía (0,90), Ceará ( 0,90), Maranhão (0,84), Paraíba
(0,88), Pernambuco (0,93), Piauí (0,85) , Rio Grande do Norte (0,89) e Sergipe (0,92).

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - BERNARDO LANZA QUEIROZ - UFMG
Externo à Instituição - EVERTON EMANUEL CAMPOS DE LIMA - UNICAMP
Presidente - 1346605 - FLAVIO HENRIQUE MIRANDA DE ARAUJO FREIRE
Externo ao Programa - 2016026 - JOSE VILTON COSTA
Externo ao Programa - 2002253 - MARCOS ROBERTO GONZAGA
Notícia cadastrada em: 06/08/2013 13:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao