Banca de QUALIFICAÇÃO: KARENINE CARLA SANTOS DE OLIVEIRA LAGO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KARENINE CARLA SANTOS DE OLIVEIRA LAGO
DATA : 28/11/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

A INSERÇÃO DO IMIGRANTE NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO: UMA ANÁLISE SOCIODEMOGRÁFICA DOS ESTUDANTES ESTRANGEIROS NO BRASIL


PALAVRAS-CHAVES:

Migrações Contemporâneas; Transnacionalismo; Redes Sociais; Migrações com fins de EstudoInternacionalização; Políticas Públicas; PEC-G


PÁGINAS: 76
RESUMO:

As migrações podem ser motivadas pelo desejo das pessoas concretizarem seus projetos de vida, inclusive pela necessidade de se adquirir novos conhecimentos e experiências. Nesse sentido, as migrações com fins de estudo aparecem como um movimento crescente, apesar de no Brasil ainda se apresentar tímido quando comparado a outros países. Os avanços que ocorrem em direção a internacionalização das Instituições de Ensino Superior no Brasil são ações predominantemente passivas, com o envio de docentes, discentes e pesquisadores para o exterior. Mas existem políticas públicas de fomento a migração para estudo no Brasil, onde recebemos imigrantes em nossas universidades, principalmente em função da existência de convênios que favorecem o intercâmbio de estudantes, como o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G). Este trabalho pretende fazer uma análise descritiva dos microdados provenientes do Censo da Educação Superior, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e utilizando-se do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) para analisar a base de dados. A análise irá apresentar o perfil sociodemográfico dos estudantes estrangeiros que migraram para estudar no Brasil, observando a inserção desses estudantes no ensino superior brasileiro. O estudo irá considerar a faixa temporal de 2010 a 2018. Esse trabalho faz ainda uma comparação da internacionalização do ensino superior brasileiro com o chinês, visto que ambos os países fazem parte de um grupo de países com potencialidades econômicas elevadas denominado BRICS e a China vem se destacando no cenário mundial, aumentado significativamente os imigrantes em suas universidades. Esse tipo de movimento migratório carece de maior investigação, visto que a internacionalização do ensino é uma maneira de favorecer a diplomacia pública e fortalecer a imagem do Brasil no exterior.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1422122 - JÁRVIS CAMPOS
Interno - 1880578 - RICARDO OJIMA
Externa à Instituição - ROBERTA GUIMARÃES PERES - UFABC
Presidente - 102.396.358-25 - WILSON FUSCO - FJN
Notícia cadastrada em: 27/11/2019 11:49
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao